Porto Alegre, quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016. Atualizado às 21h52.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
27°C
null°C
null°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0460 4,0480 1,35%
Turismo/SP 3,7500 4,1800 0,23%
Paralelo/SP 3,7500 4,1800 0,23%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Clima Notícia da edição impressa de 19/02/2016. Alterada em 18/02 às 21h31min

Tempo seco predomina durante o fim de semana

A sexta-feira promete ser chuvosa em algumas áreas do Estado. Nos próximos dias, porém, a chance de precipitação é menor e mais limitada às regiões Norte e principalmente Oeste do Rio Grande do Sul. Nas demais áreas, incluindo a Região Metropolitana, o tempo fica seco durante todo o fim de semana e, embora a sensação de abafamento diminua, as temperaturas seguem altas.
A possibilidade de chuva se mantém durante todo o fim de semana nas regiões Oeste, Centro e Sul do Estado. O calor continua, e a temperatura máxima pode atingir picos de 35 graus. Em Porto Alegre, no entanto, só deve chover no domingo, embora exista possibilidade de temporais de verão na sexta-feira e no sábado. As temperaturas variam entre 23 e 31 graus, e o abafamento continua.
Na quarta-feira, uma chuvarada de cerca de 15 minutos no final da tarde deixou cerca de 15 mil clientes sem luz na Capital, mas, de acordo com a CEEE, a situação já estava normalizada nesta quinta-feira pela manhã. Algumas árvores caíram. O Centro Integrado de Comando da Capital (Ceic) também registrou problemas em seis semáforos.
No Interior, a situação foi mais grave, principalmente em Santa Cruz do Sul, na região do Vale do Rio Pardo. O temporal atingiu cerca de 100 famílias, e duas precisaram sair de casa. De acordo com a Defesa Civil estadual, os principais danos se traduzem no destelhamento de casas.
Em Não-Me-Toque, no Noroeste, dois hectares do parque da Expodireto foram atingidos. Fios e postes foram derrubados pela força do vento. Em Lajeado e em Bom Retiro do Sul, a queda de um árvore e de um poste foram registradas. Cerca de 60 mil clientes da AES Sul ficaram sem luz, mas a situação foi resolvida ainda nesta quinta-feira.
 
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Voluntários querem salvar árvores derrubadas no Parque da Redenção Semana será quente e com tempo instável Previsão para o fim de semana é de chuva no Rio Grande do Sul
Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nesta sexta-feira, o céu fica nublado
Chuva forte causa novos transtornos em Porto Alegre

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo