Porto Alegre, quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016. Atualizado às 14h11.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
33°C
37°C
24°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,9800 3,9820 2,18%
Turismo/SP 3,7500 4,1700 0,47%
Paralelo/SP 3,7500 4,1700 0,47%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

conjuntura 17/02/2016 - 15h10min. Alterada em 17/02 às 15h11min

Alta de indicador antecedente sugere estagnação em piora de expectativas, diz FGV

A segunda alta consecutiva mensal do Indicador Antecedente Composto da Economia (IACE) para o Brasil, do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) e do Conference Board, pode indicar que há uma estagnação do processo de deterioração de expectativas para a situação macroeconômica do País. Para o coordenador do IPC Brasil do Ibre/FGV, Paulo Picchetti, uma efetiva reversão do cenário atual, entretanto, ainda está longe de acontecer.
O IACE possui quatro componentes de expectativa, dentre eles, os índices de Expectativas das Sondagens de Serviços, da Indústria e do Consumidor, que tiveram alta no mês passado. "Ainda não é garantia de que chegamos ao final do poço, porque estamos em níveis muito baixos das séries históricas de vários indicadores. Mas, pelo menos, a percepção é de que a expectativa é 'não dá para piorar mais'", disse.
Picchetti informou que os componentes como o Ibovespa, a produção de bens de capital duráveis e o quantum de exportações estão pressionando o indicador. "No caso do quantum, só mostra o quanto o comércio mundial está se recuperando de forma lenta", ressaltou.
Já o comportamento do Indicador Coincidente Composto da Economia (ICCE), que mede as condições econômicas atuais, que recuou 0,2% em janeiro, interrompendo dois meses anteriores de aumento, reforça que a situação ainda é de retração econômica. "Precisamos observar se não houve oscilação pontual negativa, ou mesmo as oscilações positivas dos meses anteriores", disse.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Serviços têm pior resultado no ano desde início da série, em 2012, diz IBGE Instituições financeiras elevam projeção da inflação para 7,61%
Para o crescimento da economia, o relatório Focus projeta queda de 3,33%, a quarta piora seguida

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo