Porto Alegre, segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016. Atualizado às 22h36.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
23°C
29°C
18°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0020 4,0040 0,10%
Turismo/SP 3,8000 4,1400 0,24%
Paralelo/SP 3,8000 4,1400 0,24%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
Painel Econômico Danilo Ucha


Painel Econômico

Notícia da edição impressa de 01/03/2016

Governo atrasa pesquisas para inovações farmacêuticas

FRED TANNEAU/AFP/JC
Brasil sofre com remédios cada vez mais caros e sem novas pesquisas

Além de ter medicamentos cada vez mais caros pesquisa mostra que 50% da população não consegue arcar com o custos dos remédios, o Brasil está ficando fora da rota de inovação no setor farmacêutico, prejudicando as pessoas, que ficam distantes de novos remédios fundamentais para a cura de doenças. Por isso, a Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma) insiste na necessidade de o governo federal atender aos termos da carta aberta que os principais 45 cientistas e médicos do País assinaram, em agosto de 2015, reivindicando atenção aos entraves da pesquisa clínica no País, onde um pedido de estudo leva cerca de 12 meses para ser avaliado, o dobro da média mundial.

Medicamentos II

Com isso, perdem a saúde dos brasileiros e a economia nacional, que poderia atrair grandes investimentos internacionais e se transformar em exportadora de medicamentos. A Interfarma, a Abiquifi (Associação Basileira da Indústria Farmoquímica e de Insumos Farmacêuticos) e a Apex-Brasil estão discutindo alternativas para o setor, segundo Antonio Britto, presidente da Interfarma. A burocracia e o atraso que imperam no setor da pesquisa impedem que novos medicamentos e novas terapias cheguem ao povo brasileiro. A presidente Dilma Rousseff tem que olhar esta questão, dizem os pesquisadores e médicos.
 

Festimalha

Definida a data para se iniciar o 27º Festimalha, em Nova Petrópolis, dia 28 de abril. A Associação Comercial e Industrial espera 100 mil visitantes, pois, além da primeira semana, a feira se repetirá em seis fins de semana.
 

Promoção

Esta é para gremistas. O Grêmio está oferecendo camarote com ar-condicionado, acesso de elevador, sofás e bancadas de frente para o gramado por R$ 300,00 o ingresso para o jogo contra a LDU, pela Libertadores, amanhã. Quanto às crianças, até 2 anos não pagam e, de 3 a 15 anos, pagam meia-entrada.
 

Perini

A vinícola Perini, de Farroupilha, trocou de nome. Agora, é Casa Perini. Benildo Perini continua como presidente.
 

RGE

A CPFL Energia, maior grupo privado do setor elétrico brasileiro, e que, no Rio Grande do Sul, é representado pela RGE, firmou contrato de R$ 174 milhões com a WEG para a construção e a ampliação de subestações em várias cidades de sua área no País. Aqui, serão construídas uma nova subestação em Alto Feliz e modernizada a de Flores da Cunha, dobrando a oferta de energia ao município.
 

Planos de saúde

Os planos de saúde estão se transformando num problema suplementar para os usuários e para o governo que os fiscaliza. A Agência de Saúde Suplementar (ANS) suspendeu 46 produtos de oito operadoras em função de reclamações sobre negativas e demoras no atendimento. Numa tentativa de moralizar o setor, a ANS decidiu divulgar periodicamente a situação de todas as operadoras.
 

Esperança na Zona Sul

Empresários e moradores de Pinheiro Machado ainda não perderam a esperança sobre a concretização do investimento Finagro uma indústria de pellets de madeira e usina termelétrica no município. O empreendedor Afonso Bertucci garantiu, durante a feira da ovelha, há duas semanas, que mantém o projeto de US$ 220 milhões para produzir 600 mil toneladas de biocombustível anualmente. O município, de economia agropecuária, sonha com o projeto, pois geraria 1.100 empregos e garantiria alguns milhões de impostos. Os pellets de madeira são usados para queima, principalmente em termelétricas, substituindo o carvão.
 

Dinheiro miúdo

Estão faltando moedas e cédulas de pequeno valor R$ 2,00, R$ 5,00, R$ 10,00 e R$ 20,00 no comércio. E a tendência, segundo especialistas, é de piorar, pois o Banco Central cortou 7% dos recursos destinados à sua fabricação, por medida de economia. Uma consequência ruim para os consumidores é o arredondamento dos preços, sempre para cima, alegando falta de troco. Quem tem cofrinho que os abra.
 

Gol

A companhia aérea Gol está implantando um plano de "racionalização" de sua capacidade e de "otimização" de sua malha aérea, o que não é outra coisa senão forte ajuste econômico-financeiro para enfrentar a crise da economia brasileira. O primeiro passo, anunciado em fato relevante, foi a venda antecipada de passagens, no valor de R$ 1 bilhão, para a Smiles. Além de receber este dinheiro, para melhorar sua liquidez, a companhia vai reduzir em 6% pousos e decolagens, suspender sete destinos, devolver cinco aeronaves em regime de arrendamento e diminuir de 15 para um o recebimento de novas aeronaves, previsto para 2016-2017.
 

O Dia

  • O Irga realizará Dia de Campo, às 7h, na Estação Experimental de Arroz, em Cachoeirinha, com 1.500 participantes.
  • Comemoração dos 100 anos do Banco do Brasil no Rio Grande do Sul, às 8h30min, na rua Uruguai, 185.
  • Seminário Expedição Safra 10 anos reunirá produtores, técnicos e jornalistas, em Cruz Alta, para conferir o potencial da colheita de soja.
  • Lançamento da primeira Virada Sustentável Porto Alegre 2016, às 9h30min, no StudioClio (rua José do Patrocínio, 698).
  • A Metal Work, que produz equipamentos pneumáticos para automação industrial, realizará encontro técnico sobre Um Novo Jeito de Fazer Máquinas, às 16h, na rua Octacilio Jacinto Homem, 415, na Scharlau, em Novo Hamburgo.
  • A G Verri Store fará uma apresentação especial de moda, às 18h, na rua Dinarte Ribeiro, 50.
  • Werner Bonholdt fará palestra sobre sucessão nas empresas familiares, às 19h, na Fundação Casa das Artes, em Bento Gonçalves.
  • A Fundação Marcopolo entregará, às 19h, na Festa da Uva, em Caxias do Sul, o 1º Prêmio de Voluntariado Valter Gomes Pinto.
  • Conversando sobre Turismo, às 19h, no hotel Deville Prime. Informação de Lenora Schneider.
  • A Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências - Fundatec realizará, às 19h30min, o encontro Por que desenvolver softwares é divertido?, na rua Cristiano Fischer, 2.012.

COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Estradas esburacadas e obras atrasadas no Estado As hidrovias estão prontas; falta usá-las Inovação para aumentar a venda de cimento Indicações de Procedência

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo