Porto Alegre, segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016. Atualizado às 23h12.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
26°C
33°C
23°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,9490 3,9510 1,78%
Turismo/SP 3,7500 4,1300 1,19%
Paralelo/SP 3,7500 4,1300 1,19%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
Começo de Conversa Fernando Albrecht


Começo de Conversa

Notícia da edição impressa de 23/02/2016

Fraldário na Assembleia

GUERREIRO/DIVULGAÇÃO/JC

Parece, mas não é a filha ou neta da deputada Silvana Covatti (PP). A presidente da Assembleia Legislativa tomou no colo a filha da deputada Manuela D'Ávila (PCdoB) numa reunião que manteve com deputadas da casa. Manuela sugeriu a criação de um fraldário para funcionárias e visitantes nas dependências da Casa. Babá já tem.

Integração temática

Sob comando do presidente Fernando Silveira, o Sindicato das Agências de Propaganda do RS (Sinapro-RS) criou seis diretorias temáticas, que trabalharão de maneira integrada e compartilhada, com os diretores passando a compor, pela primeira vez, o Conselho Administrativo da entidade.
{'nm_midia_inter_thumb1':'http://jcrs.uol.com.br/_midias/jpg/2016/02/22/206x137/1_cco_7985-440123.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'56cb7b0d36688', 'cd_midia':440126, 'ds_midia_link': 'http://jcrs.uol.com.br/_midias/jpg/2016/02/22/480x320/1_cco_7985-440123.jpg', 'ds_midia': ' ', 'ds_midia_credi': 'ROSÂNGELA REINKOVSKIS/DIVULGAÇÃO/JC', 'ds_midia_titlo': ' ', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '480', 'cd_midia_h': '319', 'align': 'Left'}
Rosângela Reinkovskis/Divulgação/JC

Feliz aniversário

A Rádio Sociedade Difusora Voz de Bagé Ltda. completa 60 anos neste dia 27 com intensa programação. Fundada por Vicente Gallo Sobrinho, começou com o antigo serviço de alto-falantes denominado "A Voz de Bagé". A voz do poste deu muitas crias.

Quando mais é menos

O eleitor ainda avalia o desempenho dos parlamentares pelo número de leis que ele conseguiu ver aprovadas. Como se isso fosse sinal de eficiência. O Brasil tem mais de 181 mil diplomas legais, boa parte inútil, inviável ou sobreposta. Está na hora de aparecer um candidato que se proponha a diminuir esse estoque.

Os perpétuos

Independentemente do resultado final do plebiscito, a Bolívia de Evo Morales mostra, mais uma vez, como a esquerda e a direita latinas adoram falar em democracia só da boca para fora. Os presidentes sempre querem se perpetuar no poder. Na pior das hipóteses, capitanias hereditárias.

A vez do rugby

A Total Lubrificantes do Brasil vai promover o rugby na Olimpíada. Segundo o Ibope Repucom, 3,2 milhões de brasileiros são aficionados por este esporte de intenso contato físico - e crescendo. São 300 agremiações e 60 mil atletas praticantes. A Total é uma das quatro maiores empresas de gás e petróleo do mundo.

O onipresente

Em meados do século passado, os romancistas usavam muito a frase cherchez l'a femme, procurem a mulher, como mola para descobrir o autor de um crime ou delito. Já caducou. Hoje, é cherchez l'argent, procurem o dinheiro. Nem que seja na República Dominicana.

Procura-se

O fermento João Santana está fazendo o bolo da crise crescer cada vez mais com as inevitáveis consequências para Lula e Dilma. Se fôssemos um país de pegar junto, teríamos que fazer um amplo pacto com engajamento das chamadas forças vivas da Nação. O problema é que desejo e realidade não se misturam.

Bom, ruim...

Quando comentam a previsão do tempo, apresentadores das emissoras de rádio e TV costumam dizer que dia de chuva é "tempo ruim" e dia de sol é bom. Ruim e bom para quem, cara-pálida? Para o campo ou para a cidade?
 

...e péssimo

Mesma coisa com o caso João Santana. Para o governo e para o PT, é ruim à beça. Para a oposição, é céu de brigadeiro. Para o Brasil, é como uma carreta de 60 toneladas descendo a lomba na banguela e sem freios.
 

Cabo de guerra I

O PT quer que Dilma aceite os seus conselhos econômicos em vez do necessário aperto de cinto da equipe econômica. Ou seja, nada de reforma da Previdência e mais aperto de cinto. É como dar mais drogas para um dependente químico. Pode alterar seu humor, mas antecipa seu triste fim.
 

Cabo de guerra II

Não existe parto sem dor quando se trata de botar ordem na bagunça da casa. Por isso os conflitos do PT com a equipe econômica e seus titulares, isso desde Joaquim Levy. É como botar um motorzão V8 em um calhambeque, não dá certo. Ou quebra um ou outro.
 

Miúdas

  • ANALISTAS preveem novo recuo do PIB em 2016, 3,40%. E recém estamos em fevereiro...
  • ESTE país não aguenta mais um ano de recessão nesse chove não molha do governo.
  • PREFEITURA da Capital se estrepa pelo mais antigo dos problemas do Poder Executivo: comunicação.
  • dificuldade em achar pilhas Duracell. Há comerciantes que fizeram pedidos há quatro meses, sem sucesso.
  • COMO dizia Ibrahim Sued no final das suas colunas, cavalo não desce escada.

Finais

  • BRDE - Mostra de Artes Plásticas está aberta para visitação no Margs/10h.
  • PLANEJAMENTO estratégico do novo Corpo de Bombeiros começa a ser traçado a partir de hoje no Guarita Park Hotel, em Torres.
  • SMOV informa que começou a recapear trecho da rua Alcindo Guanabara, no Partenon.

COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Equalização de alíquotas Churrasco fluvial A obra do século Carnaval I

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo