Porto Alegre, segunda-feira, 18 de janeiro de 2016. Atualizado às 21h36.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
28°C
32°C
21°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0330 4,0350 0,29%
Turismo/SP 3,6500 4,2300 0%
Paralelo/SP 3,6500 4,2300 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Lava Jato Notícia da edição impressa de 19/01/2016. Alterada em 18/01 às 22h33min

Cúpula da OAS tentou influenciar votos no STJ

LUIS MACEDO/CÂMARA DOS DEPUTADOS/JC
Léo Pinheiro foi condenado por 16 anos e quatro meses

Mensagens obtidas pelos investigadores da Lava Jato mostram que a cúpula da OAS tentou influenciar votos no Superior Tribunal de Justiça (STJ) em ações que diziam respeito à empreiteira. As suspeitas, publicadas nesta segunda-feira pelo jornal O Globo, constam de um relatório da Polícia Federal (PF) obtido pela publicação e se baseiam em conversa travada entre o ex-presidente da OAS Léo Pinheiro e o então diretor de Ações Cíveis da companhia Bruno Menezes Brasil. A PF suspeita que a estratégia de garantir votos na Corte envolveu a "ajuda" a um filho de um ministro do STJ.
Em agosto de 2012, Pinheiro enviou a seguinte mensagem para Brasil: "Bruno, vou precisar para sexta-feira um resumo das ações de improbidade. Onde vão se concentrar os julgamentos e o tempo. Quando forem para o STJ quem serão os possíveis julgadores. Se tiver dúvida me ligue. Abraços". O funcionário da área jurídica respondeu: "Para 2014 acho que dá para trabalhar para não ter nenhum julgamento lá. 2015 idem. Só uma dúvida: o senhor quer que façamos a simulação com a intenção de postergar ao máximo a chegada no STJ?".

Leia o texto integral em nossa
ediÇÃo para folhear

  • Acesso gratuito, durante fase de avaliação, mediante cadastro.
  • Clique aqui para acessar.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Cerveró muda versão sobre propina à campanha de Lula em 2006, diz Valor Econômico STF autoriza quebra de sigilo fiscal e bancário de Edison Lobão Supremo autoriza quebra de sigilos fiscal e bancário de Cunha, mulher e filha STF dá 10 dias para Cunha se defender de pedido de afastamento
O pedido foi ajuizado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot; Cunha deve prestar informações oficiais

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo