Porto Alegre, segunda-feira, 25 de janeiro de 2016. Atualizado às 21h29.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
25°C
27°C
22°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0952 4,0968 0,32%
Turismo/SP 3,8700 4,3200 0%
Paralelo/SP 3,8700 4,3200 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Clima Notícia da edição impressa de 26/01/2016. Alterada em 25/01 às 22h28min

Porto Alegre tem temperatura mais alta desde 2014

MARCO QUINTANA/JC
Com sol forte, termômetros ultrapassaram os 40 graus em vários bairros

Porto Alegre teve ontem um dia atípico. Os termômetros chegaram a ultrapassar os 40 graus em alguns bairros durante a tarde, com grande sensação de abafamento. De acordo com o Sistema Metroclima, desde o dia 7 de fevereiro de 2014, quando fez 41,4 graus, a cidade não registrava temperatura tão alta. O local mais quente foi o bairro Tristeza, com 40,9 graus, seguido do bairro São João, onde fez 40,8. No Morro da Polícia, que é a região mais alta da Capital, com quase 300 metros de altitude, a marca foi de 38 graus, considerada significativa para a localidade. Como já era previsto, no final da tarde, a chuva veio com força.
As principais vias de Porto Alegre apresentaram congestionamento, que foram intensificados pela falta de energia em algumas sinaleiras. O forte vento criou uma nuvem de poeira, prejudicando ainda mais a visibilidade dos motoristas.
Na avenida José Bonifácio, um trecho da via precisou ser bloqueado em razão da queda de fios elétricos. Pelo menos dois postes caíram na cidade com as fortes rajadas de vento. A região das ilhas foi uma das mais afetadas. A ventania deixou parte da localidade sem luz e nove estações de bombeamento de água ficaram paradas.
As regiões Metropolitana e dos vales do Sinos, do Taquari e do Paranhana também tiveram máximas próximas dos 40 graus. Em outras cidades, o calor foi sucedido por temporais, que chegaram a causar danos. Em Sobradinho, houve destelhamentos, quedas de postes e árvores.
A instabilidade deve seguir hoje. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta sobre a possibilidade de chuva, de moderada a forte, com chance de queda de granizo, trovoadas e rajadas de vento entre 60km/h e 90km/h, em áreas isoladas. Amanhã, ainda podem ser registradas pancadas no Norte e no Nordeste do Estado.
Na Capital, o dia hoje começa com tempo seco e o sol pode aparecer. Contudo, a nebulosidade aumenta e deve chover. Não está descartada a possibilidade de pancadas fortes e mesmo temporal. A temperatura deve cair quase dez graus em comparação ao dia anterior, ficando próxima dos 30 graus. A mínima será de 20 graus.
Amanhã, a instabilidade diminui e o sol deve aparecer entre nuvens. Os termômetros oscilam entre 18 e 30 graus. Durante todo o restante da semana, as marcas não devem se elevar tanto quanto nos últimos dias, ficando próximas dos 30 graus.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Calor ficará ainda mais intenso no Rio Grande do Sul esta semana Ano de 2015 foi o mais quente já registrado na história, confirma Nasa
Segundo a medição realizada pela NOAA, a temperatura em 2015 foi de 14,79ºC acima da média do século 20
Semana pode ter calor ainda mais intenso no Rio Grande do Sul

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo