Porto Alegre, terça-feira, 05 de janeiro de 2016. Atualizado às 21h38.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
28°C
31°C
22°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,9910 3,9930 1,01%
Turismo/SP 3,7000 4,2000 0,96%
Paralelo/SP 3,7000 4,2000 0,94%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

agronegócios Notícia da edição impressa de 06/01/2016. Alterada em 05/01 às 22h17min

Irga estima perdas de 15% na safra de arroz

FEDERARROZ/DIVULGAÇÃO/JC
Excesso de chuvas prejudicou plantações gaúchas

O Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga) estima perdas de 15% na produção da safra 2015/2016 devido a uma soma de fatores, como atraso no plantio, prejuízos ocasionados pelo excesso de chuvas aliados à deficiência de manejo. O número consta no relatório sobre enchentes no Rio Grande do Sul e os danos nas lavouras de arroz, que será entregue hoje ao ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, durante encontro que ocorre às 10h, em Uruguaiana.
Até o dia 1 de janeiro, de uma intenção de 1.083.638 hectares, 97,94% da área estava plantada, o equivalente a 1.064.879 hectares. Desta área, 11,9%, ou 126.478 hectares, foi atingida pelas enchentes ocorridas no mês de dezembro, num total de 1.858 lavouras em todo o Estado.
A estimativa de perda total é de 2,4% da área ,o equivalente a 25.413 hectares, e os 101.065 hectares restantes ainda estão sob avaliação na medida em que reduzem os alagamentos. Nestas áreas, é possível que ocorra redução entre 20% e 60% na produtividade. Outros 1.039.466 hectares estão em plena produção.
A região mais atingida pelas enchentes foi a Depressão Central, em que 74.197 hectares dos 142.991 hectares plantados foram atingidos, em 1.145 lavouras, o que equivale a 51,9% da área. A estimativa de perda nesta região é de 10% da área, ou 14.288 hectares.
Outra região bastante afetada foi a Campanha, com 15,8% da área plantada atingida pela enchente, ou 25.699 hectares, em 370 lavouras. Nesta região, a estimativa é de que 1,6% da área seja perdida, o equivalente a 2.557 hectares. Na Planície Costeira Interna (PCI) e na Fronteira-Oeste, as perdas estimadas são de 2,2% e 1,8%, respectivamente. A aona Sul e a Planície Costeira Externa (PCE), até o momento, não verificaram perdas em consequência do excesso de chuvas no mês de dezembro.
Na reunião, também será abordada a recuperação das estradas, pontes e residências que foram destruídas pelas águas. Equipe da Caixa Econômica Federal deve acompanhar o ministro para passar orientações sobre a liberação do FGTS e prorrogação das parcelas do programa Minha Casa Minha Vida aos atingidos pelas enchentes.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Maior poupança rural permite flexibilizar financiamentos, diz Fazenda
Em reunião extraordinária, Conselho Monetário Nacional aprovou a criação de fator de ponderação que prevê que 74% dos recursos sejam destinados para financiamentos rurais
Colheita do tabaco avança sem acordo de preço Produtores de arroz pedem ajuda ao governo federal Dívida de usinas de cana deve somar R$ 95 bi e superar receita do setor

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo