Porto Alegre, segunda-feira, 11 de janeiro de 2016. Atualizado às 15h15.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
31°C
32°C
20°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0480 4,0500 0,24%
Turismo/SP 3,7000 4,2100 0,47%
Paralelo/SP 3,7000 4,2100 0,47%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
Palavra do Leitor Roberto Brenol Andrade


Palavra do Leitor

Notícia da edição impressa de 11/01/2016

Polo Naval

Em relação à matéria Saída de japoneses gera incertezas no polo naval (Jornal do Comércio, 6/1/2016), na realidade, a crise do setor naval foi resultado da ação funesta e atabalhoada do juiz Sérgio Moro, que ao invés de preservar o patrimônio industrial naval, acabou por condenar os estaleiros pelos crimes de alguns de seus administradores. O prejuízo à nação acabou sendo maior que os benefícios do repatriamento dos desvios, algo assim como matar um mosquito com um tiro de canhão. O Estaleiro Rio Grande tem o terceiro maior dique seco do mundo. Os chineses saberiam como utilizar esse gigante. (Nevile Almeida Przybylski, Rio Grande/RS)
Precatórios
Sobre a nota do jornalista Danilo Ucha (coluna Painel Econômico, Jornal do Comércio, 6/1/2016), de que o Estado vai passar a protestar seus devedores em cartório: ok, mas quem tem precatórios a receber do Estado, também vai poder fazer o mesmo? Ah, não? Então, uma coisa é uma coisa, e outra coisa é outra coisa? Mas não "é o meio ágil e eficiente para a solução de dívidas"! (Egon Guilherme Sturn)
Segurança pública
A segurança pública é um direito tratado no Brasil sem sistema, com leis permissivas, Justiça leniente, execução penal irresponsável e descaso administrativo, legislativo e judicial. As consequências disto estão no crescimento da violência, na impunidade do crime e nas perdas de vidas, patrimônio e liberdade. (Jorge Bengochea, Porto Alegre)
CPMF
A presidente Dilma diz que aprovar a CPMF é questão de saúde pública. "Questão de saúde pública" é reduzir esta imensa e massacrante carga tributária! Mas esta declaração vinda de quem afundou o País em uma crise sem precedentes não me surpreende! (Paulo Tavares, Porto Alegre)
Jornal da Lei
Sobre a matéria Novo código trará mudanças na política habitacional (publicada no Jornal da Lei, do Jornal do Comércio), a pretensão estatal para consumar sua sanha de arrecadação, somada a sua incapacidade na gestão dos problemas sociais, nos apresenta como solução o confisco evidente de bens, relativizando o direito de propriedade e violando o art. 150, IV, da CRFB. O artigo é excelente, mas evidencia a estadania em detrimento da cidadania. (Luiz Carlos Couto Braga, Porto Alegre)
GeraçãoE
Aguardamos em Canoas o Delivery de comidas vegetarianas e veganas lançado em Porto Alegre (GeraçãoE, Jornal do Comércio, 7/1/2016). (Pati Ferreira, Canoas/RS)
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Acidentes
Parabéns ao Jornal do Comercio pela participação deste evento e colocar em pauta esta matéria tão importante sobre a prevenção à vida

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo