Porto Alegre, segunda-feira, 07 de dezembro de 2015. Atualizado às 21h45.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
21°C
28°C
17°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,7580 3,7600 0,58%
Turismo/SP 3,6000 3,9600 0,50%
Paralelo/SP 3,6000 3,9600 0,50%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
Palavra do Leitor Roberto Brenol Andrade


Palavra do Leitor

Notícia da edição impressa de 08/12/2015

Protestos

Estão demais estes bloqueios sistemáticos de avenidas de acesso ao Centro de Porto Alegre. Isso é uma afronta aos milhares que têm que trabalhar, atender pessoas, comparecer às repartições. Protestar, tudo bem. Trancar ruas é um abuso intolerável. (Nelson Ribais, Porto Alegre)
Buracos
Agora que a Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov) tem outra usina de asfalto, espero que mais buracos sejam tapados nas ruas e avenidas da Capital. A Smov tem feito um bom trabalho, mas ainda há muito o que fazer. A buraqueira ainda é grande. (Joel Varella, Porto Alegre)
Nome de ruas
Pronto, a nova moda agora é mudar nome de ruas. Os vereadores não sabem que causam prejuízos e despesas às empresas localizadas em ruas e avenidas com nomes tradicionais? Os endereços das lojas e escritórios estão registrados oficialmente com os atuais endereços, nome e números. Mudar demora, sai caro e traz prejuízos. Vamos parar com esta besteira. Não basta a Rua dos Andradas continuar sendo a Rua da Praia, a Rua da Ladeira ser, oficialmente, a Gal. Câmara, a Marechal Floriano ainda ser conhecida por muitos como a Rua de Bragança? Esqueceram a Praça da Alfândega, a Praça da Matriz e a Praça do Portão, cujos nomes oficiais são outros? Os vereadores que se preocupem com o que interessa mesmo à cidade. Basta de fazer projetos tipo "abobrinhas", só para constar. (Maria Julieta Solignat, Porto Alegre)
Mobilidade urbana
Eficiência é a palavra que está faltando aos nossos gestores. Só alguns se sobressaltam. Com meio século de atraso, ainda estamos discutindo um "possível" projeto de aeromóvel ou metrô na Capital. Carro-chefe do País em mobilidade urbana, depende da vontade política de gestores descompromissados com a infraestrutura, qualidade de vida e o desenvolvimento para geração de emprego e, principalmente, a crise econômica do Brasil. A cidade de Canoas (RS) está realizando mais um projeto ambicioso entre a Estação Mathias Velho da Trensurb e o bairro Guajuviras. Significa geração de renda e ainda demostrar que existem alternativas com soluções de sustentabilidade, segurança e harmonia com o meio ambiente. (Marcelino Pogozelski, diretor da UGT/RS)
Impeachment
Virou uma novela chata e sem graça esta história do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Estamos há quase um ano debatendo este assunto, mas nada de solução. Enquanto isso, o Brasil não anda e a crise só piora. (Manoel Gentille, Caxias do Sul)
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Café Pushkin
Esta é uma daquelas histórias que daria um bom romance ou um excelente filme

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo