Porto Alegre, sexta-feira, 25 de dezembro de 2015. Atualizado às 14h33.
Natal.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
25°C
28°C
21°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,9520 3,9540 0,82%
Turismo/SP 3,7900 4,2000 0%
Paralelo/SP 3,7900 4,2000 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

ufc 25/12/2015 - 15h33min. Alterada em 25/12 às 15h33min

Anderson Silva gostaria que retorno ao UFC fosse no Brasil

Um dia depois do anúncio do retorno ao UFC, Anderson Silva afirmou, em entrevista ao site oficial do Ultimate, que preferiria que sua volta ao torneio fosse no Brasil. O brasileiro enfrentará o britânico Michael Bisping, em Londres, no dia 27 de fevereiro de 2016, completando um intervalo de quase 13 meses desde sua última luta, contra Nick Diaz, em 30 de janeiro de 2015.
"Adoraria que essa luta fosse no Brasil, mas será um prazer voltar e enfrentar o Michael Bisping em Londres na O2 Arena, que teve os ingressos esgotados. Já faz muito tempo desde a última vez que lutei em Londres e estou muito animado para voltar. Acredito que este será um grande teste para que eu possa voltar a correr atrás de um title-shot (disputa pelo título)."
O "Spider" não luta em Londres desde 2006, quando nocauteou o americano Tony Fryklund com uma cotovelada pelo torneio local Cage Rage. No total são quatro lutas na capital britânica, todas com vitórias, sendo três nocautes e uma decisão unânime.
Anderson Silva foi o dono do cinturão dos médios de 2006 a 2013. O paulista tomou o título do norte-americano Rich Franklin no UFC 64 e, dez defesas depois, o perdeu para Chris Weidman, no UFC 162. No UFC 82, o brasileiro ainda derrotou Dan Henderson na unificação do cinturão da categoria entre o Ultimate e o extinto Pride.
Lutando em casa, Bisping se mostrou fã do brasileiro e orgulhoso de poder lutar em casa. "Estou muito animado para enfrentar o Anderson Silva perante uma arena esgotada em Londres, capital do meu país. O Anderson é alguém que eu admiro há muito tempo, e sempre quis enfrentá-lo. Sei que algumas pessoas negaram essa luta, mas isso não está em meu DNA. Estou ansioso para vencê-lo com meu estilo e provar que mereço uma chance ao título."
Campeão do The Ultimate Fighter 3, Bisping possui carreira inconstante no torneio de Dana White. Em 24 lutas são sete derrotas, nenhuma delas consecutivas, mas sempre terminando com boas sequências de vitórias.
Lutando na Inglaterra, Bisping nunca foi derrotado até hoje. No total, são 16 lutas em sua terra natal, sendo seis delas pelo UFC. O evento contra Anderson Silva será o sexto na capital Londres.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
UFC confirma volta de Anderson Silva em luta contra Bisping em 27 de fevereiro
O combate, previsto para ter no máximo cinco rounds, foi anunciado pelo presidente do UFC, Dana White

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo