Porto Alegre, quarta-feira, 23 de dezembro de 2015. Atualizado às 21h35.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
24°C
27°C
21°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,9520 3,9540 0,82%
Turismo/SP 3,7900 4,2000 0%
Paralelo/SP 3,7900 4,2000 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

libertadores da américa Notícia da edição impressa de 24/12/2015. Alterada em 23/12 às 21h25min

Logística de viagens preocupa Bolzan

NORBERTO DUARTE/AFP/JC
Último título tricolor foi conquistado há 20 anos

O Grupo 6 da Copa Libertadores da América não pode ser chamado exatamente de "grupo da morte", mas é, inegavelmente, uma chave difícil. Porém, a direção do Grêmio está mais preocupada com a logística das viagens do que com os futuros rivais na competição do próximo ano. O Tricolor viajará para países mais distantes, como México, para enfrentar o Toluca, e Equador, onde vai encarar a LDU.
"Não deu para escolher, impossível fazer isso", lamentou o presidente gremista, Romildo Bolzan Jr., logo após conhecer os futuros adversários do time gaúcho. "Já tivemos exemplos de vibrar com a escolha e logo em seguida tomar o revés. O Grêmio já esteve em outros grupos da morte e se saiu muito bem", ponderou.
Apesar de lamentar os futuros confrontos, Bolzan garantiu que o Tricolor tem futebol suficiente para vencê-los e ir em busca do terceiro título - os outros dois foram conquistados em 1983 e 1995. Porém, reconheceu a preocupação com a logística.
"Não temos absolutamente nenhuma dificuldade em disputar esse jogos, o que nos complica é a logística dessa chave. Vamos ter que ir ao México, enfrentar a altitude de Quito e, além disso, enfrentar o San Lorenzo", afirmou, referindo-se ao campeão da Libertadores de 2014.
O dirigente ainda viu um ponto positivo em entrar direto no Grupo 6. "Eu preferia exatamente experimentar todas as dificuldades logo de cara do que ficar na expectativa pelo futuro", afirmou Bolzan.
O mandatário ressaltou que o clube irá se reforçar e que está no mercado, mas, agora, de forma mais discreta. Alguns possíveis negócios do Tricolor foram superados por melhores propostas do futebol mexicano - caso do atacante Fernando Fernandéz. No Brasil, o principal rival é o Flamengo. Depois de tirar o lateral-direito Rodnei do Grêmio, o time carioca agora quer o zagueiro Henrique, que está no futebol italiano.
A concorrência com os cariocas gerou até uma troca de farpas entre as duas direções. Bolzan afirmou que tem um contrato com o defensor, mas que não pode oferecer mais do que já foi apresentado. "O Flamengo poderia cuidar do time dele e não atravessar nossos negócios. Quem quiser disputar a Libertadores conosco, será ótimo. Senão, pode jogar o Campeonato Carioca pelo Flamengo", disparou o presidente.
 
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Sorteio deixa Grêmio em chave difícil
Além de enfrentar o San Lorenzo, Tricolor vai ter que encarar a altitude contra LDU e Toluca

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo