Porto Alegre, terça-feira, 15 de dezembro de 2015. Atualizado às 22h00.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
24°C
33°C
20°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,8730 3,8750 0,33%
Turismo/SP 3,7000 4,0700 1,21%
Paralelo/SP 3,7000 4,0700 1,21%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Aviação Notícia da edição impressa de 16/12/2015. Alterada em 15/12 às 22h16min

Demanda por voos cai 7,9% em novembro

MARCELO G. RIBEIRO/JC
TAM retomou a liderança no mercado doméstico no mês passado

A demanda doméstica por viagens aéreas recuou 7,9% em novembro deste ano na comparação com o mesmo mês de 2014, segundo levantamento divulgado ontem pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear). A entidade reúne os dados das principais companhias aéreas brasileiras (TAM, Gol, Azul e Avianca).
A entidade destaca que esse é o quarto mês consecutivo de queda na demanda doméstica - em agosto, setembro e outubro foram registradas retrações de 0,6%, 0,8% e 5,7%, respectivamente, em relação ao mesmo intervalo do ano anterior. No acumulado de janeiro a novembro de 2015, a demanda registra alta de 1,4%.
O dado da demanda doméstica no mês passado renova o pior resultado da série histórica da Abear. Em 26 de novembro, quando a entidade divulgou os resultados relativos a outubro, o presidente da entidade, Eduardo Sanovicz, afirmou que a retração de 5,7% na demanda doméstica verificada em outubro era a pior já registrada desde o início da medição dos dados do setor aéreo pela associação, em setembro de 2012. A oferta, por sua vez, apresentou retração de 3,9% no mês passado em relação ao mesmo período de 2014. Com isso, a taxa de ocupação teve queda de 3,4 pontos percentuais (p.p.), para 77,91%. Nos 11 primeiros meses do ano, a oferta teve expansão de 1,2%, levando a taxa de ocupação a avançar 0,2 ponto percentual, para 79,96%.
No total, as empresas aéreas brasileiras embarcaram em novembro 7,7 milhões de passageiros no mercado doméstico, o que corresponde a uma queda de 5% ante o mesmo mês de 2014. No ano, o volume transportado alcança 86,5 milhões de passageiros, alta de 0,6%.
Em termos de participação de mercado, medida pela demanda por RPK (passageiro-quilômetro transportado), a TAM voltou a aparecer na liderança em novembro, com 37,12%, superando a Gol, com 35,27%. Em seguida vem a Azul, com 17,11%, e a Avianca, com 10,51%.
No mercado internacional, a demanda cresceu 9,8% em novembro frente ao mesmo mês do ano passado. Já a oferta foi ampliada em 11,3%, levando a taxa de ocupação a baixar 1,1 ponto percentual, para 79,56%.
No segmento internacional, a TAM ficou com 79,99% do mercado em novembro, enquanto a Gol ficou com 12,67%. A Azul chegou a 7,27%, enquanto a Avianca teve participação inferior a 1%. No segmento, as empresas brasileiras embarcaram juntas 584,5 mil passageiros em novembro, alta de 11,7%.
No ano, a demanda internacional cresceu 13,9% e a oferta teve elevação de 14,9%. A taxa de ocupação teve retração de 0,75 ponto percentual, para 83,46%. O total de passageiros transportados somou pouco mais de 6,6 milhões, expansão de 14,9% sobre os primeiros 11 meses do ano passado.
Sanovicz afirmou que a tendência é que a queda na demanda doméstica se acentue em dezembro, e que o ano de 2015 se consagre como o pior na série histórica da entidade. "A tendência é de queda ainda maior para o próximo mês. O cenário mais imediato é que a redução vai continuar sim, e o número para o próximo mês deve ficar pior", disse o presidente da Abear.
"Mudamos de patamar para a queda de demanda", disse o executivo, referindo-se à piora mais significativa nos dados da demanda a partir de outubro. "Significa que, nesse ano, o resultado será o pior da série histórica, com certeza absoluta."
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Concessão do Salgado Filho já tem proposta de estudo de viabilidade Estudo mostra potencial para voos diretos Passo Fundo lamenta o fim de voo da Azul Aéreas perdem R$ 300 mi na América Latina

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo