Porto Alegre, domingo, 10 de janeiro de 2016. Atualizado às 20h46.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
29°C
31°C
20°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0380 4,0400 0,34%
Turismo/SP 3,7000 4,2300 0,47%
Paralelo/SP 3,7000 4,2300 0,47%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
Intervalo José A. V. da Cunha


Intervalo

Notícia da edição impressa de 11/01/2016

Parar não, energizar sim

COLETIVA/DIVULGAÇÃO/JC
Freitas utiliza a criatividade como alternativa

Com cautela, prudência ou preocupação, não importa como se deve encarar 2016: ele está aí, e quem quiser chegar a 2017 deverá estar preparado para enfrentar e superar seus desafios e dificuldades, Em uma conversa descontraída, João Satt Filho, o dono da Competence, sentenciou que este ano "todos teremos a chance de escolher: paralisar ou energizar os negócios". Então, mãos à obra. A coluna desta segunda semana do novo ano que começa, apresenta o panorama sobre o que pensam algumas das principais empresas de comunicação do mercado gaúcho. O cenário é nebuloso, mas não faltam projetos e confiança no que se pode fazer.

Com altos e baixos

"Coisas boas aconteceram, mas aquilo que parecia natural foi difícil e trabalhoso", sintetizou Airton Rocha, diretor da Martins Andrade, ao avaliar 2015. Segundo ele, a redução no consumo do varejo, que ele acredita ter ocorrido por conta da atual situação financeira do Estado, também afetou no resultado final que sua agência poderia ter obtido. Mas não tem do que reclamar: de acordo com Airton, todas as metas foram atingidas. "Neste quesito, o ano foi muito bom", completou. E, como agora é hora de pensar nos próximos meses, Airton disse que em 2016 a agência pretende manter os pés no chão, sem perder o foco naquilo que é um dos principais fatores para uma empresa como a M A: a comunicação total, que atinja todos os níveis e plataformas.

Reinvenção com relevância

A Escala buscou o caminho da reinvenção para seguir relevante na tomada de decisão, segundo o sócio Fernando Picoral. Novas competências foram buscadas e a agência trouxe novos formatos de mídia. Nos últimos 12 meses, a agência integrou as áreas de negócio, criação, design, on e off-line no projeto Escala Moda, além de lançar um braço institucional, o Escala Social Business. Segundo Picoral, este foi um ano em que o trabalho colaborativo, de respostas rápidas, com times fortes e engajados, fez toda a diferença. Em rentabilidade é que 2015 não foi bom para a Escala, já que os resultados, apesar de equilibrados, ficaram abaixo da projeção de crescimento. Mas são boas as expectativas: "Vamos trabalhar forte para ter desempenho positivo. Queremos superar a inflação e ter um crescimento real em 2016", disse Picoral.

Com os olhos em 2016

A diretora da Capacità Eventos, Eliana Azeredo, considerou 2015 um ano bom, especialmente no primeiro semestre, quando a empresa cresceu e conquistou novos clientes. Entre os destaques esteve a realização do Congresso Brasileiro de Inovação da CNI, evento considerado o maior realizado pela Capacità em seus 20 anos de atividades, comemorados em outubro último. "Não em número de participantes, mas em inovação, em tecnologia e em entregas ao cliente", detalhou Eliana. Agora, a empresa está "com os olhos voltados para 2016". Eliana sabe que será um ano difícil, mas confia que será um período para se reinventar e mostrar aos clientes que é possível fazer mais com menos, oferecendo opções de projetos diferenciados.

Um saldo animador

Entusiasmo é a palavra que define o fim de 2015 da Moove, segundo o diretor José Luiz Fuscaldo. A agência cresceu como resultado de uma equipe motivada com as conquistas no ano, e entusiasmada com o que vem pela frente. "Manter-se dentro do planejamento anual em um ano de recessão já é um excelente resultado", ele disse, comemorando um crescimento de 7% em relação a 2014. Para 2016, Fuscaldo acredita que há ainda uma grande perspectiva de crescimento. "É um andar na contramão da história. O desafio que temos pela frente é de um salto de qualidade e inovação. Isto faz parte do nosso projeto de expansão iniciado em 2013 com a mudança de posicionamento da Moove no mercado."

Um 'ano extraordinário'

A agência Matriz encerrou 2015 com bons resultados e otimismo, considerando o ano "extraordinário", segundo o diretor Alberto Freitas. O processo de modernização da empresa, iniciado em 2014, foi ampliado com a mudança para a nova sede, investimento na qualificação da equipe e renovação do quadro de funcionários. Foi um ano de conquistas também, como Melhor Agência, Agência de Design do Ano e Publicitário do Ano no Prêmio Colunistas. E também Agência, Diretor de Criação e Mídia do Ano, no Salão da Propaganda. A Matriz acredita ter superado o clima de insegurança do mercado com mais trabalho e o diferencial do talento. O objetivo para 2016 é continuar investindo no futuro e acreditando na criatividade como "a única saída" para vencer os desafios.

COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Esta é a Semana da Comunicação
Encarar a crise de frente, de forma ativa, reinventar-se e avançar são as proposições da Associação Riograndense de Propaganda
Semana da Comunicação 2015: os vencedores do prêmio mais desejado Os premiados da semana

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo