A Me Two, plataforma criada por Elisa (esquerda), Vanessa e Thaís, propõe conteúdo e clube de descontos A Me Two, plataforma criada por Elisa (esquerda), Vanessa e Thaís, propõe conteúdo e clube de descontos Foto: MARCELO G. RIBEIRO/JC

Mães lançam site especializado em gêmeos e múltiplos

Acolhimento e informação especializada deu vida à startup, que terá também clube de descontos

A vida de ter filhos gêmeos é uma aventura, só sabe bem quem tem. Por conta disso, a empresária Thaís Reali, que é mãe de Nicholas e Thomas, de três anos, juntou suas amigas, também mães de gêmeos, em um grupo de WhatsApp para aquela ajudinha mútua, em 2015. Mal sabiam elas que daí sairia um negócio.
"É tão bom quando alguém que já passou pela mesma situação te dá uma dica", especifica. Mas a coisa foi crescendo: o grupo virou uma confraria de mães, que, no primeiro encontro presencial, deu à luz as sócias do Me Two, site especializado em gêmeos e múltiplos. Eram elas Thaís, Vanessa Rocha e Elisa Scheibe Marty.
O site foi lançado no início de abril, com o intuito de fornecer informação especializada no assunto e ser um espaço de acolhimento e compartilhamento de experiências entre pais. Segundo elas, pais e mães de gêmeos ainda são desatendidos em muitos setores.
São raro, os livros e cursinhos de preparação para maternidade voltados para gêmeos, por exemplo, "mais te assustam do que acolhem", considera Thaís. "A gente quer que toda mãe que passar por isso conheça o Me Two e obtenha suporte lá", aposta Elisa, que é advogada e mãe de Martin e Franco, de quatro anos.
MARCELO G. RIBEIRO/JC
Segundo sócias, mercado ainda não se deu conta que mães e pais de gêmeos são compradores em dobro | Foto: Marcelo G. Ribeiro/JC
Para elas, o mercado ainda não está atento a esse público em potencial, que compra em dobro e ao mesmo tempo. "A gente sente falta do mercado fazendo coisas para gêmeos. Não compramos uma roupa que mais tarde o filho irá crescer e poder passar para o irmão. São duas peças de roupa, do mesmo tamanho, no mesmo momento", ilustra Vanessa, que é farmacêutica e mãe de Isabela e Gabriel, de cinco anos, sobre a raridade de descontos oferecidos para gêmeos e múltiplos nos mais diversos âmbitos.
Não obstante, um dos desdobramentos do Me Two é um clube de assinaturas com acesso a descontos e promoções. "Tão grande é a lacuna que obtivemos uma abertura fantástica com marcas e profissionais", conta Thaís. "A gente tem que comprar tudo em dobro, não sei como ninguém pensou nisso antes", completa Elisa, em meio a risadas.
As três encararam o projeto como uma startup e estão abrindo mercado. Em 23 de abril, aconteceu o primeiro workshop para pais, sobre Disciplina Positiva. Para junho, está sendo desenvolvido um aplicativo que auxilia na amamentação e no controle e registro de medicações voltado para quem tem gêmeos. No segundo semestre, está previsto um ciclo de palestras. O engajamento do Me Two na causa gerou uma parceria com o Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP), dentro do Painel USP de Gêmeos, que está realizando um levantamento comportamental inédito no Brasil. E o grupo do WhatsApp, lá do início, tem cerca de 150 mães e virou dois, conforme a faixa etária dos rebentos.
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio