Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 22 de maio de 2018.
Dia do Apicultor.

Jornal do Comércio

JC Contabilidade

COMENTAR | CORRIGIR

Fala Profissional

Notícia da edição impressa de 23/05/2018. Alterada em 22/05 às 16h24min

Campanha global de auditoria incentiva a conquista de certificações profissionais

Pimpão diz que iniciativa capacita profissionais a enfrentar desafios diários

Pimpão diz que iniciativa capacita profissionais a enfrentar desafios diários


IIA BRASIL/DIVULGAÇÃO/JC
Roberta Mello
Durante este mês, o Instituto dos Auditores Internos do Brasil (IIA Brasil) realiza a campanha IIA May que isenta a inscrição para a obtenção do Certified Internal Auditor (CIA), considerada a principal certificação da profissão no mundo. A certificação, explica o diretor de Normas e Certificações do IIA Brasil, Fábio Pimpão, garante ao profissional um diferencial em relação aos demais colegas e insere na elite de profissionais em nível global.
Maio é o mês da auditoria interna no mundo inteiro. A campanha abrange 170 países e cerca de 190 mil associados ao The IIA (The Institute of Internal Auditors). O foco é mostrar a empresas e governos a importância de investir nesses profissionais a fim de elevar os níveis de governança, gestão e ética em todas as organizações. Áreas de auditoria interna fortalecidas são consideradas cruciais para o equilíbrio e crescimento sustentável da economia global.
Pimpão lembra que, no Brasil, a eclosão de diversos casos de fraudes financeiras tem levado a sociedade em geral a se questionar como ninguém percebeu a existência de desvios e erros nos balanços e demais documentos. "É inegável a necessidade de o Brasil contar com mais auditores qualificados, em empresas públicas e privadas, nesse momento crítico de combate a fraudes corporativas. É uma profissão que se tornou estratégica, e exige preparo de nível global para enfrentar os constantes desafios do mercado", explica Pimpão.
JC Contabilidade - Qual o objetivo dessa campanha em nível global e no Brasil?
Fábio Pimpão - Fazendo essa campanha em maio nós motivamos mais os auditores internos a estarem atentos a essas tendências e focado exatamente na certificação de auditoria interna e consequentemente estarem mais preparados para o evento global, que acontece em julho. Esse é principal motivo da data. É o mês da conscientização da auditoria interna, em que buscamos estimular o profissional a se perguntar o que está fazendo para a sua profissão, para a empresa ou até mesmo para o País. O auditor tem uma série de responsabilidades, seja de assegurar a salvaguarda dos ativos ou de garantir que realmente as normas contábeis estão sendo seguidas e que os controles internos estão operando de forma adequada. Tudo isso junto faz com que o auditor comece a perceber realmente o valor que tem dentro da empresa, pois cada vez mais ele está sendo demandado todas essas habilidades para garantir que a empresa funcione adequadamente.
Contabilidade - O que o CIA representa para o auditor interno?
Pimpão - O CIA nada mais é do que a principal designação do auditor interno. A partir da sua obtenção a pessoa está reconhecida como capacitada para exercer a função. Colocando essa taxa de isenção nós estimulamos que os profissionais façam a certificação, pois a obtenção do CIA é complexa, requer estudo intenso e estimula o profissional a estar atualizado. Quando o profissional tem a certificação, se diferencia dos pares e isso faz toda a diferença, mostra que está mais capacitado a enfrentar os problemas do dia a dia.
Contabilidade - Como funciona a obtenção da certificação? São oferecidos treinamentos preparatórios? As provas podem ser feitas no estado do profissional de auditoria?
Pimpão - Sim, existem alguns centros que aplicam aprova no Brasil inteiro. Tem no Sul, no Sudeste, Nordeste, Centro-Oeste e Norte. Não temos em todos os estados, mas a gente tenta criar o máximo de centros de testes para justamente motivar o profissional, para que ele não tenha que se deslocar tanto para fazer a prova. Quando o profissional já está preparado, já estudou pelo material, participou dos treinamentos e está com uma média boa no simulado, ele simplesmente agenda a prova para o local mais próximo e realiza. São três partes. A primeira parte são 125 questões. O resultado já sai na hora, ou seja, assim que termina já fica sabendo se passou ou não. Depois pode estudar mais e fazer a segunda e terceira parte. Tem gente que já faz as três partes de uma só vez. É muito mais difícil, mas não existe restrição. A partir do momento em que ele consegue o certificado já pode usar a designação CIA.
Contabilidade - Além da obtenção do CIA, os auditores internos também devem cumprir horas de educação continuada e são bastante exigidos. Como você vê essa necessidade do auditor estar sempre se qualificando e a cobrança do mercado?
Pimpão - O processo de obtenção do certificado é importante. Ele dá uma noção importante de como está a auditoria. Mas ele te atualiza por no máximo dois anos. O nosso mercado é totalmente mutável, sempre tem novas tecnologias, novas técnicas, e se você não se atualizar pode continuar tendo o certificado mas vai se tornar um auditor obsoleto. Por isso, existe a obrigatoriedade de reportar pelo menos 40 horas de treinamento por ano. O auditor que não se atualiza constantemente acaba ficando fora do mercado.
Contabilidade - Essas exigências são semelhantes em todos os países ou é só no Brasil?
Pimpão - São exigências globais. Existe um processo de comprovação anual em que todos os auditores devem enviar um formulário para a sede do IIA nos Estados Unidos declarando que cumpriu todas as exigências. O instituto global elege uma amostra e exige a comprovação de todos os treinamentos feitos. Se a pessoa não conseguir provar as 40 horas o profissional fica como inativo por um ano. Nesse período, ela deve cumprir os treinamentos e se atualizar. Se não provar, está definitivamente fora do quadro do certificado e começar do zero novamente.
Contabilidade - E qual a avaliação da qualidade dos profissionais brasileiros em relação ao dos demais países?
Pimpão - A gente ainda tem um caminho muito grande a ser percorrido quando olhamos a outros países. No Brasil temos um número baixo de apenas 300 profissionais certificados, o que dá uma média de 7% do total de auditores filiados ao IIA. Quando olhamos para outros países, como Estados Unidos, China, Inglaterra, esse número passa fácil de 50%. Não precisamos nem ir muito longe. A Argentina é o país que tem mais profissionais certificados na América Latina, em torno de 30% dos associados. Os brasileiros pensam que ao começar a trabalhar com auditoria já são proficientes, tem todas as técnicas e conhecimentos. É um desafio do auditor interno, pois a partir do momento em que temos profissionais que não estão qualificados, a profissão é colocada em xeque. Temos vários casos na mídia de escândalos em que nos perguntamos onde estavam os auditores internos que não viram os erros. Quando comparamos o número de profissionais certificados e o número desses casos no Brasil entendemos um pouco o motivo.
Contabilidade - E por que o número de profissionais brasileiros com CIA é tão baixo?
Pimpão - Tem alguns pontos. O primeiro deles é a necessidade de investimento. O processo tem um custo e dizemos que geralmente a empresa tem de patrocinar, acreditar que aquilo é importante. O executivo da área tem que comprar a ideia. A segunda barreira é uma questão cultural que não valoriza algo para o qual tem de estudar muito.
Contabilidade - O IIA Brasil percebe aumento na procura pelo CIA com a promoção?
Pimpão - Sim, esta promoção é feita todos os anos. Nos últimos cinco anos temos visto aumento no número de inscrições. E normalmente este mês a procura chega a ser três vezes maior do que em outros meses. Além da promoção, quando a crise se acirrou as pessoas ficaram com menos dinheiro para investimento e, ao mesmo tempo, viram a necessidade de se diferenciar dos pares. A crise acabou ajudando a certificação. Nosso quadro tem aumentado dois dígitos todo ano e quando olhamos para a quantidade de profissionais que conseguiram o CIA no último ano vemos que cresceu bastante.
Contabilidade - Como o profissional pode se inscrever?
Pimpão - É possível fazer a inscrição diretamente no site do IIA Brasil. A gente tem o manual do candidato e os formulários que devem ser preenchidos e validados por uma outra pessoa, pelo supervisor imediato ou outro colega que já possua o CIA. Toda documentação é enviada à Central de Atendimento do Instituto dos Auditores Internos do Brasil. É avaliado se a documentação está correta e, após, o próprio candidato faz o agendamento das provas e/ou treinamentos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia