Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 10 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Infraestrutura

Notícia da edição impressa de 10/04/2018. Alterada em 09/04 às 21h34min

Mesmo com atrasos, licitação de quadrilátero no Centro Histórico deve ocorrer no meio do ano

Igor Natusch
A previsão da prefeitura de Porto Alegre era concluir, até o final de março, o termo de referência para o edital das intervenções no chamado quadrilátero, que envolve uma das principais áreas do Centro Histórico da Capital. A projeção acabou não sendo cumprida, mas a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade (Smim) segue trabalhando com a meta de concluir a licitação até o final do segundo trimestre deste ano. Após o encerramento do certame, espera-se que os vencedores entreguem o trabalho pronto em um prazo de 270 dias.
A área, formada pelo encontro das avenidas Voluntários da Pátria e Salgado Filho, e das ruas Doutor Flores e Marechal Floriano, é uma das beneficiadas pelos investimentos da Confederação Andina de Fomento (CAF) na cidade, previstos em acordo assinado em 2016. A prefeitura pode usar até US$ 4,071 milhões (cerca de R$ 13,7 milhões) para intervenções como alinhamento e pavimentação de passeios públicos, reparos no pavimento do leito viário, renovação do mobiliário urbano e drenagem pluvial. Para isso, porém, as obras precisam estar concluídas até agosto de 2020, quando vence o prazo final do financiamento.
Em média, 400 mil pessoas circulam diariamente pela área, que concentra, segundo a prefeitura, 48% do comércio varejista de Porto Alegre. Além das vias que delimitam o quadrilátero, trechos das ruas General Vitorino, Andradas e Otávio Rocha também devem receber parte das intervenções.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia