Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 05 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

câmara de porto alegre

Notícia da edição impressa de 06/03/2018. Alterada em 05/03 às 21h47min

Com galerias ocupadas, votação do projeto Adote um Escritor é adiada

Mesmo que as galerias da Câmara Municipal de Porto Alegre estivessem ocupadas por integrantes do movimento #SouAdote, carregando cartazes amarelos que levavam a hashtag, a votação do projeto Adote um Escritor foi adiada para amanhã.
A principal pauta prevista para a sessão ordinária do Legislativo da Capital na tarde de ontem era a apreciação do veto parcial do prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB) a emendas de vereadores protocoladas ao projeto de lei que trata do Orçamento Municipal para 2018.
Entre as emendas está a que destina R$ 400 mil para a aquisição de livros para os acervos das escolas municipais e financia transporte para visita de autores às escolas, proposta pela Frente Parlamentar de Incentivo à Leitura.
Mobilizados pelas redes sociais, os apoiadores da iniciativa foram à Câmara para protestar contra o veto do Executivo municipal. No entanto, os profissionais que trabalham com políticas de formação de leitores e incentivo à leitura não viram a matéria ser apreciada, mesmo que estivesse em segundo lugar na priorização da casa.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia