Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 12 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Acidente

12/03/2018 - 10h05min. Alterada em 12/03 às 10h09min

Queda de avião no Nepal provoca pelo menos 40 mortes

Avião da US-Bangla, de Bangladesh, caiu perto do aeroporto de Katmandu

Avião da US-Bangla, de Bangladesh, caiu perto do aeroporto de Katmandu


PRAKASH MATHEMA/AFP/JC
Folhapress
Um avião da companhia bengalesa US-Bangla Airlines caiu nesta segunda-feira (12) quando se preparava para pousar no aeroporto de Katmandu, capital do Nepal. A aeronave que caiu era um Bombardier Dash 8 que levava 71 pessoas a bordo, sendo quatro tripulantes e 67 passageiros - 33 do Nepal, 32 de Bangladesh, um da china e um das Maldivas. 
As autoridades ainda não divulgaram o número de vítimas, mas um porta-voz do Exército disse à agência de notícias Reuters que pelo menos 50 pessoas morreram. Já um policial que trabalha no resgate disse à agência Associated Press que são pelo menos 38 mortos e 23 feridos, além de dez pessoas desaparecidas.
"As possibilidades de encontrar mais sobreviventes são pequenas pelo incêndio no avião", afirmou o porta-voz do Exército, Gokul Bhandaree. "Estamos tentando apagar as chamas e socorrer os passageiros", afirmou à agência AFP Prem Nath Thakur, porta-voz do aeroporto.
Ainda não foram divulgado os detalhes do acidente, mas testemunhas disseram que o avião estava voando baixo e passando próximo das montanhas que cercam a cidade. Pouco depois, ouviram uma explosão nas proximidades do aeroporto. Segundo eles, bombeiros rapidamente chegaram ao local e começaram a apagar as chamas. Em 2012, a queda de um avião no mesmo aeroporto de Katmandu deixou 19 mortos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia