Porto Alegre, terça-feira, 06 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Presença de políticos e reivindicações sobre Funrural marcam abertura da Expodireto

Em ano eleitoral, a presença de políticos e autoridades em cerimônias e eventos públicos passa a chamar atenção. E não foi diferente na abertura da Expodireto, em Não-Me-Toque, nesta segunda-feira (5). Além do chefe da casa Civil, Eliseu Padilha e do ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, vários parlamentares da base do governo de Michel Temer (PMDB) prestigiaram a cerimônia e ouviram do presidente da Cotrijal, Nei César Mânica (foto), um pedido de emprenho para a aprovação do perdão aos débitos passados do Funrural. Em seu pronunciamento, Mânica afirmou que os atuais baixos índices de inflação têm sido obtidos pelos baixos preços pagos pelas commodities e alimentos, mas ponderou que o cenário deve melhorar no decorrer de 2018. O anfitrião deve ampliar as reivindicações sobre o Funrural nesta quinta-feira (8) quando desembarca na Expodireto o ministro da Agricultura, Blairo Maggi.
 

FOTO MARCO QUINTANA/JC