Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 11 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Futebol

11/03/2018 - 15h11min. Alterada em 11/03 às 15h22min

São Paulo oficializa a contratação do uruguaio Diego Aguirre

Treinador uruguaio substitui Dorival Junior e tem contrato assinado até dezembro

Treinador uruguaio substitui Dorival Junior e tem contrato assinado até dezembro


CRISTIANE MATTOS/AFP/JC
O técnico uruguaio Diego Aguirre assume nesta segunda-feira (12) o comando técnico do São Paulo após a demissão de Dorival Junior. O treinador de 52 anos chega ao Morumbi com contrato assinado até dezembro deste ano e foi anunciado pelo clube neste domingo. Compõem sua comissão técnica os auxiliares Juan Verzeri e Raul Enrique Carreras, além do preparador físico Fernando Pignatares.
Indicado por Lugano, superintendente de relações institucionais do clube, Aguirre chega com confiança da diretoria. "Aguirre é um técnico atualizado, com grandes trabalhos e referências importantes para o que queremos no futebol do São Paulo. Confiamos que ele tem o perfil e a metodologia de trabalho que se encaixam com o clube", afirma o executivo de futebol, Raí.
O uruguaio começou a carreira de técnico em 2002. Comandou o Peñarol em duas ocasiões e ajudou o clube a conquistar a competição nacional em 2003 e na temporada 2009/2010. Na sequência teve passagem pelo futebol árabe entre 2011 e 2014 e no ano seguinte comandou o Internacional. No time colorado foi campeão gaúcho em 2015 e semifinalista da Libertadores no mesmo ano.
Em 2016, teve a oportunidade de dirigir outra equipe brasileira, o Atlético-MG, onde levou avançou até as quartas de final da Libertadores, em eliminação justamente para o São Paulo. Sua equipe mais recente foi o San Lorenzo, da Argentina, onde esteve à frente entre 2016 e 2017 e foi demitido em setembro, após eliminação nas quartas do torneio continental.
Além dos três novos auxiliares, Aguirre terá André Jardine na comissão técnica do São Paulo. O ex-treinador do time Sub-20, agora é membro permanente da comissão na Barra Funda. Ele comanda a equipe interinamente no jogo deste domingo contra o Red Bull pela última rodada da 1ª fase do Campeonato Paulista, no Morumbi. O time já está classificado para enfrentar o São Caetano, do ex-auxiliar Pintado, nas quartas de final.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia