Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 08 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato Gaúcho

08/03/2018 - 00h26min. Alterada em 08/03 às 00h26min

Arthur volta e Grêmio bate o São Paulo de Rio Grande na Arena

Retorno de meio-campista aos gramados foi a atração da noite

Retorno de meio-campista aos gramados foi a atração da noite


Lucas Uebel/Grêmio FBPA/DIvulgação/JC
A vitória foi fundamental. O Grêmio precisava bater o São Paulo-RG em casa para não chegar no Grenal do final de semana com a corda no pescoço. Assim, o 1 a 0, em partida válida pela 11ª rodada, deu um alívio ao Tricolor no Campeonato Gaúcho. O triunfo, porém, acabou sendo ofuscado pelo retorno de Arthur aos gramados depois de mais três meses de recuperação após lesão no tornozelo.
Faltou inspiração na primeira etapa da partida disputada na Arena. Tanto Grêmio quanto São Paulo de Rio Grande mostraram iniciativa, mas não conseguiram encontrar soluções ofensivas. Como era de se esperar, o Tricolor teve o domínio das ações. A partida discreta de Cícero na armação das jogadas de ataque, porém, fez com que o time de Renato Portaluppi, mesmo que insistindo bastante, não conseguisse criar claras chances para abrir o placar.
Afora duas cobranças de falta de Ramiro, a melhor chegada gremista no primeiro tempo foi aos 16 minutos. Maicon rolou para Everton pela direita da área. O atacante demorou para finalizar e o zagueiro Pedro interceptou o chute.
O Grêmio voltou para a etapa final decidido a fazer seu gol. Com um time mais movediço - Thonny Anderson e Alisson entraram nos lugares de Jailson e Leonardo Gomes - o Tricolor empurrou o São Paulo para seu campo defensivo.
Mesmo com o domínio, o Tricolor encontrava grandes dificuldades ofensivas. Assim, o pênalti cometido por Janderson sobre Alisson aos 21 minutos veio como um alívio. Maicon cobrou forte no alto para vencer Nicolas e fazer o 1 a 0.
Aos 35 minutos, a torcida vibrou mais uma vez. O motivo não foi o segundo gol, porém. A saída de Hernane para a entrada de Artur - fora dos gramados desde o dia 29 de novembro do ano passado - fez os gremistas se eriçarem.
Os minutos finais foram de um Grêmio rondando a área adversária e de um São Paulo batido em campo. Com a vitória, a equipe de Portaluppi chegou aos 13 pontos, ficando em oitavo. Se o Juventude não vencer o São José hoje em Porto Alegre, o Tricolor garante a classificação.
Grêmio 1 x 0 São Paulo
Marcelo Grohe; Leonardo Gomes (Alisson), Geromel, Kanneman e Cortez; Maicon, Jailson (Thonny Anderson), Cícero, Ramiro e Everton; Hernane Brocador (Arthur). Técnico: Renato Portaluppi.
Nicolas; Jheferson Falcão, Gullithi, Pedro e Felipe; Marcelo (Ricardo Bierhals), Labarthe, Anderson Pico e Thiago Silva (Lorran); Janderson e Marlon (Rafael Pilões). Técnico: Ernesto Guedes.
Árbitro: Márcio Coruja.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia