Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 07 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato gaúcho

07/03/2018 - 22h30min. Alterada em 07/03 às 22h31min

Internacional empata com o Cruzeiro, mas permanece na liderança do Gaúcho

Mesmo com empate fora de casa, Internacional segue líder da temporada regular

Mesmo com empate fora de casa, Internacional segue líder da temporada regular


RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
O Internacional tentou de todas as formas furar a marcação do Cruzeiro, mas ficou apenas no empate por 0 a 0, no estádio Antônio Vieira Ramos, em Gravataí. Mesmo com o resultado ruim, o time está na liderança do Campeonato Gaúcho, com 18 pontos, e tentará mantê-la em seu último compromisso, domingo, diante do Grêmio, no Beira-Rio.
Atuando com os jogadores reservas, o Inter completou quatro jogos sem marcar, o que preocupa o técnico Odair Hellman. Com nove pontos, o Cruzeiro segue ameaçado pelo rebaixamento, na décima posição.
No começo, o jogo foi truncado, com os dois times errando passes fáceis e demorando para criar uma oportunidade de perigo. Com 29 minutos, ela finalmente apareceu. Em cobrança de escanteio, Kozlowski subiu mais que a marcação e testou firme, mas a bola saiu pela linha de fundo, próximo da trave do Inter. A resposta veio aos 33, quando Roger balançou as redes, mas o árbitro anulou o lance, alegando impedimento no momento do passe de Juan
Ainda no primeiro tempo, aos 39, Kozlowski repetiu a mesma jogada para o Cruzeiro, venceu o Moledo pelo alto e cabeceou contra Marcelo Lomba, mas a bola novamente foi para fora. Nico Lopez teve a oportunidade de mudar a história do jogo no minuto seguinte, aos 40, quando reparou que Deivity estava adiantado e tentou bater de longe para encobrir o goleiro, mas também errou. No finalzinho, aos 46, Lomba defendeu um lindo chute de França.
O segundo tempo foi um show de gols perdidos pelo Inter. Com apenas cinco minutos já teve duas oportunidades de abrir o placar. Aos três, Juan Alano recebeu de Nico Lopez e bateu cruzado, mas a marcação cortou. Depois foi a vez de Winck cobrar uma falta com força no canto esquerdo de Deivity, que espalmou para fora. A reposta do Cruzeiro veio com 23 minutos, em um chute colocado de João Guilherme, também pela linha de fundo.
A oportunidade mais clara - e também mais bizarra - aconteceu aos 29 minutos, em uma jogada que teve de tudo. Deivity saiu muito mal do gol, não conseguiu afastar a bola e ela sobrou na cabeça de Moledo de frente para a meta. Em condição de marcar, o zagueiro testou por cima do travessão. No último lance, com 48 minutos, Wagner conseguiu marcar para o Cruzeiro, mas ele estava em posição de impedimento. Assim, o jogo em Gravataí terminou mesmo sem gols.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia