Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 07 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

CORRIGIR

Liga dos Campeões

Alterada em 07/03 às 19h26min

Higuaín marca, Juventus vira sobre o Tottenham e avança às quartas da Liga

Com gols de Higuaín e Dybala a Velha Senhora passou às quartas de finais da Champions League

Com gols de Higuaín e Dybala a Velha Senhora passou às quartas de finais da Champions League


Glyn KIRK/AFP/ JC
Higuaín só foi confirmado para a partida na véspera, pois ainda se recuperava de uma lesão no tornozelo. E mesmo sem estar 100% fisicamente, ele foi o principal responsável pela classificação da Juventus na vitória de virada por 2 a 1 sobre o Tottenham nesta quarta-feira, em Londres, no jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões.
O centroavante argentino marcou o gol de empate e deu bela assistência para Dybala garantir a classificação às quartas e calar o estádio Wembley. Na partida de ida, em Turim, as equipes haviam ficado no empate por 2 a 2, com dois gols de Higuaín.
A Juventus agora aguarda pelo sorteio dos confrontos da próxima fase, que acontecerá no dia 16, em Nyon, na Suíça, na sede da Uefa. As partidas de ida acontecerão nos dias 3 e 4 de abril e as de volta serão realizadas nos dias 10 a 11.
Ao Tottenham só resta lamentar. O time inglês havia terminado na liderança da fase de grupos em uma chave que contava com Real Madrid e Borussia Dormund. E nesta quarta-feira até deu a impressão de que conseguiria o feito de eliminar a Juventus.
O time inglês começou melhor a partida e abriu o marcador com um gol aos 39 minutos do primeiro tempo. Trippier cruzou da direita rasteiro na segunda trave e o sul-coreano Heung-Min Son errou o chute, mas acertou o gol: 1 a 0.
A Juventus, até então, estava indignada com a arbitragem. Isso porque pouco antes do gol adversário, o brasileiro Douglas Costa foi derrubado na área por Vertonghen, mas o árbitro mandou o jogo seguir.
Na etapa final, o Tottenham parecia controlar a partida, tocava a bola e administrava a vantagem. Mas a Juventus em dois lances na sequência virou. Aos 18, Lichtsteiner cruzou da direita, Khedira desviou de cabeça, e Higuaín colocou a perna direita no meio do caminho para tirar do goleiro e deixar tudo igual.
Com o estádio ainda atordoado pelo gol, o time italiano voltou ao ataque e virou quatro minutos mais tarde. Higuaín deixou Dybala na cara do gol. O camisa 10 invadiu a área e tirou do goleiro.
O Tottenham pressionou, passou a cruzar as bolas na área e ainda conseguiu uma bola na trave em cabeceio de Harry Kane, que estava em posição de impedimento. Mas o gol de empate, que levaria a partida para a prorrogação não veio e a Juventus está garantida nas quartas de final.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia