Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 07 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Liga dos Campeões

07/03/2018 - 19h09min. Alterada em 07/03 às 19h19min

Gabriel Jesus marca e City avança às quartas da Liga dos Campeões mesmo com derrota

Apesar da derrota, City se classifica com um gol de Gabriel Jesus para as quartas de finais Champions League

Apesar da derrota, City se classifica com um gol de Gabriel Jesus para as quartas de finais Champions League


PAUL ELLIS/AFP PHOTO/JC
O Manchester City apenas cumpriu o protocolo e confirmou a vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões nesta quarta-feira (7), mesmo sofrendo sua primeira derrota em casa na temporada. Depois de golear o Basel por 4 a 0 mesmo atuando na Suíça, Pep Guardiola levou um time reserva a campo no Etihad Stadium e viu os ingleses garantirem a classificação em ritmo de treino, ao perderem de virada por 2 a 1.
A boa notícia para o City e para a seleção brasileira foi Gabriel Jesus. O atacante atuou os 90 minutos e foi responsável pelo gol da equipe logo aos sete minutos, o primeiro desde a grave lesão no ligamento do joelho esquerdo sofrida no último dia do ano passado.
Com a ampla vantagem obtida na ida e colocando o Campeonato Inglês como prioridade do City na temporada, ao menos no discurso, Guardiola optou por poupar boa parte de seus jogadores. Daqueles que costumam ser titulares, apenas Danilo, Gündogan, Bernardo Silva e Sané foram escalados.
Mesmo com uma escalação alternativa, o City dominou os primeiros minutos e não demorou para marcar o primeiro. Logo aos sete, Sané abriu na direita para Bernardo Silva, que chegou cruzando para o meio da área. Gabriel Jesus apareceu sozinho e empurrou para a rede, sem goleiro.
Gündogan quase marcou o segundo na sequência, mas quem balançou a rede foi o Basel. Aos 16 minutos, Riveros foi levando pela esquerda, cortou e bateu travado. A sobra ficou com Elyounoussi, que ainda dominou e marcou.
Nem mesmo o empate empolgou o Basel, que seguiu levando o jogo em ritmo de treino, como o City, sabedor da tarefa quase impossível que tinha pela frente. Assim foram passando os minutos até o segundo tempo, e parecia que ambas as equipes, se pudessem, encerrariam a partida ali mesmo.
Só que em um lance fortuito, o Basel chegou à virada. Elyounoussi foi cortando da esquerda para a direita como quem não quer nada, levou a marcação e encontrou bom passe para Lang. O lateral dominou e finalizou firme, mesmo com pouco ângulo, vencendo Bravo.
O segundo gol embalou o Basel, que decidiu se lançar ao ataque e lutar pelo "milagre". Mas o ímpeto durou pouco, e quem criou mais oportunidades, graças ao espaço dado pelo adversário, foi o City. Bernardo Silva foi quem teve a melhor delas, mas parou em Vaclik.
Com a classificação, o City segue firme em busca de seu primeiro título da Liga dos Campeões. Antes das quartas de final, porém, volta as atenções para o Inglês, pelo qual vai visitar o vice-lanterna Stoke City na próxima segunda. O time de Manchester é o líder disparado da tabela, com 78 pontos, 16 a mais que o segundo colocado Manchester United.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia