Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 06 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Atletismo

Notícia da edição impressa de 07/03/2018. Alterada em 06/03 às 21h15min

De volta ao Brasil, Almir Júnior festeja prata no Mundial Indoor

Atleta da Sogipa almeja mais conquistas ao longo desta temporada

Atleta da Sogipa almeja mais conquistas ao longo desta temporada


/ADRIAN DENNIS/AFP/JC
Principal destaque do Brasil no Mundial Indoor de Atletismo ao conquistar a medalha de prata no salto triplo, Almir Júnior desembarcou ontem no País empolgado com o resultado obtido no fim de semana passado, em Birmingham, na Inglaterra, e até mesmo com dificuldades para explicar seus sentimentos diante da façanha. "Ainda não consigo descrever a sensação com esta conquista. Sabia da minha responsabilidade porque entrei na prova como líder do ranking mundial, mas também sabia que ia enfrentar os melhores do mundo. Foi a prova dos sonhos", afirmou.
Até 2016, o atleta da Sogipa concentrava suas atenções no salto em altura, mas decidiu apostar na prova do triplo, apoiado pelo técnico José Haroldo Loureiro Gomes, o Arataca. Almir Júnior, então, alcançou os 17,41 metros em Birmingham, só ficando atrás do norte-americano Will Claye, que chegou a 17,43m, e superando o português Nelson Évora, que levou o bronze ao atingir 17,40m.
"Tranquilidade e confiança. Tudo isso foi proporcionado pelos treinamentos. Abdiquei de muitas coisas e na prova só pensei em fazer o meu melhor, respeitando os adversários. Deu certo", disse o saltador.
Pouco conhecido até o feito em Birmingham, aos 24 anos, ele não chegou ao pódio nem mesmo no Troféu Brasil. "Na minha primeira seleção adulta já belisco um pódio. Agora está na hora de começar a ganhar também por aqui", brincou. Almir Júnior vai participar em 4 de maio da etapa de Doha da Diamond League, o principal circuito anual de provas de atletismo.
O atleta espera ser um dos expoentes do salto triplo brasileiro, que tem Adhemar Ferreira da Silva como principal nome. "É um orgulho e uma reverência fazer a mesma prova que o Adhemar e outros nomes importantes", concluiu.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia