Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 15 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Previdência

15/03/2018 - 09h04min. Alterada em 15/03 às 09h05min

Operação da PF apura fraude na concessão de auxílio-maternidade em Caxias do Sul

PF apura que benefícios concedidos indicam que o prejuízo causado pode ser milionário

PF apura que benefícios concedidos indicam que o prejuízo causado pode ser milionário


Polícia Federal/Divulgação/JC/
Operação da Polícia Federal (PF) apura fraudes na concessão de benefícios previdenciários, especialmente salário-maternidade, e cumpre mandados em Caxias do Sul. A ação, junto com a Gerência Executiva do INSS na cidade, envolve sete mandados de busca e apreensão e quatro de prisão a fim de arrecadar provas relativas às fraudes.
Segundo a PF, a análise prévia de alguns benefícios concedidos indica que o prejuízo causado pode ser milionário. A investigação ocorre desde setembro de 2017. A Polícia investiga quadrilha que teria solicitado a concessão de mais de 500 benefícios de salário-maternidade, sendo que, pelo menos, 224 foram concedidos. Os benefícios encaminhados pelos investigados serão auditados pelo INSS. Os envolvidos responderão por estelionato contra a União e associação criminosa. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Amilcar José Giacomet 15/03/2018 15h59min
Será que o juiz que vai julgar o salário maternidade da mulher que recebeu sem estar grávida é o mesmo que recebe auxilio moradia e posssue moradia própria?