Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 13 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Protesto

Notícia da edição impressa de 14/03/2018. Alterada em 13/03 às 22h35min

Fiesp substitui pato inflável por sapo em campanha

Boneco foi usado em ato ontem

Boneco foi usado em ato ontem


/ALEXANDRE MARETTI/FUTURA PRESS/FOLHAPRESS/JC
A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) substituiu ontem o pato inflável que era usado em suas ações contra o aumento de impostos por um sapo, dentro da nova campanha "Chega de Engolir Sapos".
O sapo, de 5 metros de altura, foi inflado em frente à sede da federação, na Avenida Paulista, para recepcionar representantes de entidades que participaram de um ato contra os juros altos cobrados de empresas e consumidores. Sapos menores foram distribuídos aos participantes em frente de agências bancárias. Adesivos e balões com o novo mascote também foram espalhados por carros e bicicletas que circularam na região.
A entidade não comenta sobre o destino dos patos infláveis, que foram usados em suas últimas campanhas, incluindo a do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia