Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 08 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

música

Notícia da edição impressa de 09/03/2018. Alterada em 08/03 às 17h28min

Opinião tem show bluegrass nesta sexta-feira

Banda O Bardo e o Banjo lança novo CD na apresentação

Banda O Bardo e o Banjo lança novo CD na apresentação


ANDREIA ALCANTARA/DIVULGAÇÃO/JC
O Bardo e o Banjo, um dos grupos mais conceituados de bluegrass do Brasil, se apresenta no Opinião (José do Patrocínio, 834) nesta sexta-feira, às 20h. O grupo lança o seu segundo trabalho de estúdio, O tempo e a memória, que chegou às lojas e às plataformas de streaming no início do mês. A banda paulista também incluirá em seu repertório releituras de grandes clássicos do rock e do country, e faixas do seu primeiro álbum, Homepath, lançado em 2014. Ingressos de R$ 40,00 a R$ 60,00.
O projeto traz referências do ambiente caipira norte-americano com instrumentos incomuns, como o mandolim, o farmer foot drums (uma bateria toda tocada com os pés) e o tin whistle, e é um marco, pois se torna o primeiro registro de bluegrass cantado em português da história. O Bardo e O Banjo é o alter ego de Wagner Creoruska Jr., músico de 28 anos que levou a sua arte às esquinas mais movimentadas de São Paulo. Hoje, como um quarteto, o diferencial da banda é se relacionar com o público e fazer música ao vivo, através da sonoridade rústica, espontânea e cativante que o folk e o bluegrass proporcionam.
A abertura fica por conta do projeto gaúcho Cartas na Rua, conhecido na noite porto-alegrense pelas suas releituras de clássicos em versões bluegrass.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia