Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 13 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Palavra do Leitor

Notícia da edição impressa de 14/03/2018. Alterada em 13/03 às 21h39min

Vandalismo

Alguns viadutos da Terceira Perimetral foram inaugurados com modernos elevadores, que levariam as pessoas do piso de uma avenida até o andar da passagem da Terceira Perimetral. Infelizmente, há anos estão todos eles quebrados, a maioria, talvez todos, até mesmo retirados, pelo vandalismo impiedoso. Depois, os "políticos são os culpados pela anarquia do Brasil". Só eles? (Josimar Celeste, Porto Alegre)
Tarifa de ônibus
Com tantas isenções, não é de se admirar pelo custo das tarifas de ônibus em Porto Alegre. Quando cerca de 35% não pagam, os demais usuários pagam por eles. Bem simples assim. (José M. Figueiredo)
Saúde
A Secretaria Municipal da Saúde de Porto Alegre faz com que as pessoas, depois de levarem meses, senão anos, para conseguirem uma consulta com especialista, sejam impedidas de que o especialista dê continuidade ao tratamento, sem que a pessoa volte ao posto de saúde, para que o médico do posto autorize a continuação. No meu caso foi um angolano quem assinou o papel, que ele nem conhecia. Isto depois de ter de marcar nova consulta com este, para depois voltar ao especialista, marcar nova consulta para sei lá quando, para poder me tratar. Se não morrer antes ou ter agravada a doença, como foi o meu caso. É assim como esta cidade de Porto Alegre trata seu povo. (Osvaldo Padilha, advogado)
Março
Milhares de gaúchos, pela nova lei trabalhista, tiraram só 20 dias de férias num primeiro momento, a partir de 12 de fevereiro, pegando o Carnaval. Aí, somente na segunda-feira, dia 5 de março, recomeçaram no batente. Talvez isso explique o grande movimento de retorno a Porto Alegre em março. (Lúcia Barcellos)
Março II
O mês de março tem sido ótimo para o veraneio no Litoral Norte. Águas límpidas, transparentes até, quase mornas, muito sol. Mas, parece, só os aposentados estão aproveitando. As aulas começando em fevereiro cortaram o veraneio. Antes, as aulas começavam em março e tinha famílias que iam em meados de dezembro para as praias e só voltavam em março. (Mirna Luterini, Tramandaí/RS)
Drogas
Impressionante como as drogas tomaram conta de muitos segmentos sociais do Brasil, geralmente da classe média e classe média alta. São elas, em princípio, que podem pagar pelas drogas como maconha e cocaína. Por isso, não surpreende quando pessoas se aventuram na senda do crime para ganhar um bom dinheiro. É elementar essa ideia. (Geraldo Luis Marchiore, Porto Alegre)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia