Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 11 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Empresas & Negócios

COMENTAR | CORRIGIR

Leitura

Notícia da edição impressa de 12/03/2018. Alterada em 09/03 às 18h58min

MULHERES

Detalhe da capa do livro

Detalhe da capa do livro


REPRODUÇÃO/JC
Responsável pela recém-criada editoria de gênero do The New York Times, a jornalista Jessica Benett constrói um guia incisivo e irônico de como sobreviver ao sexismo no ambiente de trabalho em Clube da luta feminista. A obra mescla pesquisas e estatísticas fundamentadas em experiências vividas pela autora e por outras mulheres, mostrando que muitas mulheres convivem diariamente com o machismo, especialmente na vida profissional.
Se os obstáculos existem, é possível reagir, garante Jessica. A chave para enfrentar o patriarcado é a aliança feminina baseada em apoio mútuo, empatia e força. Logo nas primeiras páginas, descobre-se que não é ficção. Todos os meses,a autora se reunia com um grupo de mulheres para conversar sobre seus empregos. Em comum, queixas relacionadas ao machismo sutil enfrentado no dia a dia, como ver um colega homem levar o crédito pela ideia de uma mulher, ser constantemente interrompida em reuniões e, ao demonstrar algum descontentamento, ouvir perguntas ou comentários sobre TPM.
A experiência com o clube foi fundamental para a jornalista, que aborda no livro tanto os desafios externos enfrentados pelas mulheres cotidianamente, quanto os comportamentos arraigados e autossabotadores delas próprias, que se manifestam em perfis como "a mãezona do escritório", "a rejeita-crédito", "a mulher-capacho" e "a contorcionista", entre outros.
Clube da luta feminista - Um manual de sobrevivência (para um ambiente de trabalho machista); Jessica Bennett; Editora Rocco; 336 páginas; R$ 39,90

Direito

Não se limitando às determinações técnicas do Direito, o livro Medida por Medida tem como objetivo viajar pelas principais peças de Shakespeare, identificando as relações jurídicas existentes. É uma demonstração da relevância do Direito através dos textos de um dos maiores dramaturgos inglês, se não o maior. Os alunos serão introduzidos a grandes obras da civilização moderna, que moldaram a nossa cultura e que são de grande importância histórica.
Em Medida por Medida, que também é o nome de uma peça de Shakespeare do século XVII, o autor José Roberto de Castro Neves nos convida a conhecer o Direito a partir de ma viagem através das peças e textos de um dos mais importantes dramaturgos da história da humanidade. Elucidando os variados componentes da arte do Direito, as obras A Megera Domada, Romeu e Julieta e Hamlet são usadas como exemplos para tratar de assuntos como o conceito de tribunal, retórica, leis outros temas relacionados ao sistema de normas e condutas de uma sociedade..
Através de um texto leve e explicativo, a rica pesquisa criada por José Roberto de Castro Neves mescla as definições shakespearianas com as belas e canônicas tramas do século XVII, que torna a leitura e o conhecimento da área muito mais prazerosos de ser assimilado. Um texto cativante traz as importantes lições jurídicas presentes no teatro de Shakespeare para perto dos leitores e possibilita um estudo humanista do Direito.
Medida Por Medida - o Direito em Shakespeare; José Roberto de Castro Neves; Edições de Janeiro; 416 páginas; R$ 79,90

Empresas

Logística empresarial chega à sua 2ª edição revista e atualizada, preservando a característica de ser guia e referência aos estudantes e profissionais da área responsável por prover recursos e informações para a execução de todas as atividades de uma organização. O livro faz uma trajetória que abrange desde os conceitos básicos e a importância da logística até os sistemas modais de transporte, passando pelos sistemas de armazenagem e discorrendo sobre a importância da TI nos processos logísticos para que as informações sejam precisas, direcionadas e bem geridas.
Como novidade, o autor traz a esta edição a contextualização da logística no comércio internacional, para que o leitor possa conhecer melhor os processos de importação e exportação. Outro ponto a salientar desta nova edição é a perspectiva sobre a carreira: além de apresentar a importância do processo de coaching, são destacadas as etapas para a construção de um projeto profissional que levarão o leitor ao sucesso e à realização de seus objetivos.
Composto por conceitos da logística e situações práticas do cotidiano empresarial, exercícios e planejamentos táticos, o livro-guia é referência entre os profissionais da área. Também é recomendado na disciplina de Logística Empresarial dos cursos de Graduação e Pós-graduação em Administração e Engenharia de Produção
Logística Empresarial - Um guia prático de operações logísticas; Amarildo de Souza Nogueira; Editora Atlas; 296 páginas; R$ 71,20
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia