Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 18 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Patrimônio

Notícia da edição impressa de 19/02/2018. Alterada em 18/02 às 22h12min

Entrega do Largo dos Açorianos tem nova data

Trabalhos se concentram na concretagem dos espelhos d'água; custo total da revitalização é de R$ 5 mi

Trabalhos se concentram na concretagem dos espelhos d'água; custo total da revitalização é de R$ 5 mi


CLAITON DORNELLES /JC
Igor Natusch
Dada como certa até poucos dias atrás, a entrega final da revitalização do Largo dos Açorianos não acontecerá mais no mês de fevereiro. Em nota, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams) afirma que foi elaborado um "novo cronograma" para as obras e, agora, projeta que os trabalhos na área estejam concluídos "ainda neste semestre".
No texto, o secretário Maurício Fernandes admite que a prorrogação do prazo "não é a boa notícia que gostaríamos de dar", mas alega que a obra é "complexa, em local de características muito particulares de drenagem", e que cada dia de chuva acaba representando quase uma semana de interrupção na atual fase das intervenções. "A população pode ter certeza de que esta reurbanização está sendo feita com muito cuidado e que o local será um importante ponto turístico", diz Fernandes na nota.
No momento, a obra está em fase de concretagem do espelho d'água. A área em frente ao Largo Zumbi dos Palmares, tratada no projeto como espelho 2, está recebendo acabamento nas formas e armaduras das bordas e paredes. Na área do espelho 1, onde está localizada a Ponte de Pedra, está sendo efetuado o estaqueamento da estrutura pré-moldada de concreto, que está em um depósito da prefeitura aguardando instalação.
As intervenções tiveram início em outubro de 2016 e sofreram uma série de interrupções desde então. Logo no começo dos trabalhos, a grande quantidade de fios e encanamentos instalados sob o solo nas proximidades do Zumbi dos Palmares forçou a uma readequação do projeto. A impossibilidade de fazer escavações profundas nessa área cria a necessidade de dois níveis distintos no espelho d'água, como forma de recuperar o caráter original da Ponte de Pedra, que acabou tendo parte de sua alvenaria original submersa com o passar dos anos. Para isso, o projeto incluiu a instalação de bombas hidráulicas, funcionando em tempo integral.
Em janeiro de 2017, o cronograma sofreu novas alterações - segundo a Smams, para realização de análise de todos os contratos vigentes. Posteriormente, houve o rompimento de parte da rede do Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) no espelho 2, o que exigiu nova drenagem e causou novo atraso no cronograma.
O restauro na Ponte de Pedra e no Monumento aos Açorianos já estão concluídos. Encerradas as intervenções nos espelhos d'água, ficam faltando as instalações hidráulicas e elétricas, além da colocação de arquibancadas, esplanadas, bancos e passeio público. O custo da obra, segundo a Smams, está na faixa dos R$ 5 milhões, bancados pelo Fundo Pró-Defesa do Meio Ambiente de Porto Alegre. Mesmo ainda inconcluso, o Largo dos Açorianos está disponível para adoção pela iniciativa privada, dentro do programa Adote uma Praça, da prefeitura.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia