Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

Conjuntura Internacional

Alterada em 27/02 às 14h27min

Confiança do consumidor dos EUA atinge maior patamar desde 2000

O índice de confiança do consumidor nos Estados Unidos subiu de 124,3 em janeiro (dado revisado) para 130,1 em fevereiro, informou o Conference Board. Analistas consultados pela Dow Jones Newswires previam aumento menor, para 127,0.
Dos componentes do indicador, o índice da situação atual subiu de 154,7 para 162,4 no período, enquanto o índice de expectativas aumentou de 104,0 para 109,7.
De acordo com o diretor de Indicadores Econômicos do Conference Board, Lynn Franco, a confiança do consumidor chegou ao maior nível desde novembro de 2000, quando chegou a 132,6.
"A avaliação dos consumidores sobre as condições atuais foi mais favorável neste mês, com a força de trabalho sendo o principal impulsionador. Apesar da recente volatilidade no mercado de ações, os consumidores expressaram maior otimismo com as perspectivas de curto prazo para as condições das empresas e do mercado de trabalho", disse Franco.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia