Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 18 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Palavra do Leitor

Notícia da edição impressa de 19/02/2018. Alterada em 18/02 às 19h44min

Horário de verão

Pelo fim deste horário (matéria Horário de verão tem baixo impacto no Rio Grande do Sul, Jornal do Comércio, edição de 16/02/2018). Temos mais de 14 horas de luz do dia. Não precisamos. Os transtornos e os custos são muito maiores. (Eloy Santos, Porto Alegre)
Aeromóvel
Sobre a matéria Aeromóvel de Porto Alegre não vai funcionar no fim de semana (Jornal do Comércio, edição de 15/02/2018). Convenhamos, só tem um veículo e cheio de problemas. Imaginem se fosse em Canoas. Todo o sistema ficaria parado. (Celso Pereira dos Santos, Porto Alegre)
Recuperação fiscal
Parabéns aos deputados de oposição (referente à matéria Deputados tentarão anular aprovação do Regime de Recuperação Fiscal, Jornal do Comércio, edição de 15/02/2018)! Como aprovaram na assembleia uma adesão a um contrato que ninguém conhece? O TCE já disse que os gastos não são compatíveis com a adesão ao RRF! Deputados que votaram a favor devem ser intimados a depor na Justiça! Que a Justiça trate de começar a se manifestar. (Roger, Porto Alegre)
Voos
Sobre a matéria Porto Alegre perde 4 mil voos em cinco anos (Jornal do Comércio, edição de 12/02/2018), a médio e longo prazos as perspectivas são de melhoria do cenário, com a providencial entrada da Fraport AG Frankfurt na administração do Aeroporto Internacional Salgado Filho. Mas também ela deve estar torcendo freneticamente para que na capital do Grenal superemos finalmente a devastadora grenalização geral e não dependamos apenas dos feitos da dupla e da meteorologia para ainda manter-nos presentes no mapa-múndi. (Sílvio Aloysio Rockenbach, Porto Alegre)
Sistema judiciário
Judiciário brasileiro é 3,5 vezes mais caro que o alemão (sobre o vídeo Nova presidente da Ajuris defende a concessão do auxílio-moradia para juízes, publicado em 11/02/2018). Brasileiros pagam por um dos sistemas judiciários mais caros do mundo. (Maria, Guaruma)
Credibilidade
Está muito difícil de encontrar, em meio aos cidadãos comuns, alguém que concorde com os argumentos do governo para aprovar as polêmicas reformas. As autoridades não estão sendo nada convincentes, falta-lhes credibilidade. (Roberto Fissmer, Porto Alegre)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia