Lú Brito, dona da Gurizada Faceira Lú Brito, dona da Gurizada Faceira Foto: /Instagram/Reprodução/JC

O que falta para quem começa a empreender no Rio Grande do Sul?

Lú Brito, dona da Gurizada Faceira

"Em conversas diárias com empreendedores, tenho visto uma preocupação muito grande em encontrar um lugar para trabalhar, como coworking, salas comerciais e salas compartilhadas. O maior desafio, com certeza, é encontrar um preço acessível para que empreendedores possam produzir fora do seu homeoffice, pelo menos em horário comercial, separando, assim, a rotina de casa e o trabalho. Os locais que existem estão de acordo com toda estrutura que oferecem, mas os preços são bem altos. Seria interessante ter uma opção que suprisse esse início, quando se está descobrindo coisas novas, à procura de clientes, momentos importantes para o foco, a concentração e a disciplina. Para isso, é necessário um ambiente com custos mais acessíveis."
Compartilhe
Comentários ( 0 )

Publicidade
Mostre seu Negócio