Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 25 de maio de 2017. Atualizado às 00h15.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Transportes

Notícia da edição impressa de 25/05/2017. Alterada em 24/05 às 21h06min

Conselho rejeita aumento na tarifa de táxis em Porto Alegre

O Conselho Municipal de Transportes Urbanos (Comtu) votou, ontem, contra o reajuste de 4,25% nas tarifas de táxi da Capital. Foram nove votos contrários ao aumento, três a favor e uma abstenção.
O pedido, encaminhado pelo Sindicato dos Taxistas de Porto Alegre, foi alvo de críticas de parte dos condutores, que temiam, com uma tarifa mais cara, perder ainda mais espaço para aplicativos de celular. Listas com assinaturas de taxistas contrários ao aumento foram apresentadas ao Comtu, o que influenciou na decisão.
Um pedido para cancelar o aumento, encaminhado pela Associação dos Permissionários de Táxi de Porto Alegre, foi rejeitado pela Empresa Pública de Transportes e Circulação. O órgão alegou que uma lei municipal faz com que seja obrigatório o reajuste anual da tarifa.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia