Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 04 de dezembro de 2016. Atualizado às 21h40.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Notícia da edição impressa de 05/12/2016. Alterada em 04/12 às 21h12min

Macieira na banca

VONPAR/DIVULGAÇÃO/JC
Para chamar a atenção do consumidor, precisa se virar nos 30. A Vonpar foi muito criativa para vender sucos prontos para beber da Del Valle. Como as pesquisas mostraram que o suco de maçã é o terceiro mais procurado pelos brasileiros, incorporou esse sabor no mix e "plantou" maçãs sintéticas na banca da esquina da 24 de Outubro com a Nova York.

A hora da verdade

A possibilidade de a União também ver o fundo do poço pode parecer remota, mas quem diria, há alguns anos, que a prefeitura da Capital atrasaria o pagamento? Há muito tempo que o modelo do Estado - o ente Estado - está falido. É como uma família cujo provedor ganha o salário-mínimo e contrata não só uma, mas várias empregadas domésticas. Não tinha, não tem, e nunca tem como dar certo.

A não fazer

Quando se analisa a que ponto a burocracia se tornou uma ditadura para não deixar a coisa acontecer, basta lembrar que levou anos para viabilizar o catamarã. E levou um ano para que as diversas secretarias conseguissem destravar que ele fizesse uma parada no BarraShoppingSul. Imagina para Pelotas ou Rio Grande.

Sem número

A cidade carece de placas indicativas de ruas, e não é de hoje. Outro grande problema, até para ver a distância em metros até onde se quer chegar, é a falta de visibilidade dos números dos prédios e casas. Isso quando tem. O Palácio Piratini, por exemplo, não tem número. Nem explícito, nem escondido.

Papelaria caseira I

Ao comentar o mercado do papel, o presidente da Celulose Riograndense, Walter Lídio Nunes, falou sobre seu uso doméstico exemplificando que hoje todo mundo tem um quilo de papel em casa, por causa das copiadoras, o que não acontecia antigamente.

Papelaria caseira II

Razão tinha o presidente mundial da IBM quando esteve aqui nos anos 1980, quando se começou a falar que cada casa poderia ter seu PC. Ele negou que o consumo do papel fosse cair. Ao contrário, falou, o consumo aumentaria justamente por causa deles. Dito e feito.

Negociação da reforma


DIVULGAÇÃO/JC
Em conversa reservada com o governador José Ivo Sartori neste fim de semana, o ministro Ronaldo Nogueira, do Trabalho, disse que fará parte da mesa de negociação da reforma da previdência pública e privada após pedido das seis maiores centrais sindicais do Brasil. Primeira reunião é hoje. "Ou fazemos a reforma, ou vamos empenhar o futuro da aposentadoria de milhões de brasileiros", disse Nogueira.
 

Associação para Porto Alegre

No almoço de confraternização de final de ano com colunistas, o presidente da Associação Comercial de Porto Alegre (ACPA), Paulo Afonso Pereira, surpreendeu agradavelmente ao relatar o que a ACPA fez e fará para ajudar a Capital. Paulo Afonso tem o que se exige no meio corporativo - foco - e a qualidade necessária dos administradores públicos - vontade política.

Miúdas

  • BRASIL hoje vive uma espécie de Revolução Francesa sem a Bastilha. Provisoriamente.
  • PEIXE de rio mais procurado em muitas casas do ramo é a traíra. De repente, há uma supersafra desse.
  • NO fim, Grécia e Portugal tinham razão em nos apontar o dedo e dizer "nós somos você amanhã".
  • VILSON José Bocca (Banca 38) completou ontem 62 anos de Mercado Público. Está com 72. Quase
  • nasceu lá.
  • PRESIDENTE do Senado agora chama-se Renan Eduardo Cunha Calheiros. Não tem volta.

Finais

EMPRESÁRIO Marivaldo Tumelero foi eleito, por unanimidade, presidente do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE). COLENDA aprovou a concessão de título de Cidadão de Porto Alegre ao ministro Eliseu Padilha, proposição do vereador Mendes Ribeiro (PMDB). RGE Sul abre chamada pública para projetos de redução no consumo de energia elétrica.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia