Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 24 de novembro de 2016. Atualizado às 07h48.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Música

23/11/2016 - 23h57min. Alterada em 24/11 às 08h52min

Show de cantora americana inaugura clube de blues em Porto Alegre

Luciano Leães aposta que o clube pode aumentar frequência de shows e atrair público

Luciano Leães aposta que o clube pode aumentar frequência de shows e atrair público


Patrícia Comunello/Especial/JC/
Porto Alegre tem seu clube do blues que pretende movimentar a cena musical, com mais atrações, público e espaços dedicados ao estilo. A estreia da iniciativa, que tem na curadoria o pianista Luciano Leães, é nesta quinta-feira (24) com um show só com feras no Sgt Peppers. No palco, a partir das 21h, estarão a cantora de blues norte-americana Annika Chambers, o guitarrista paulista Igor Prado com sua banda e Leães completam a cena.
"A Annika é uma grande cantora de Houston, no Texas, e o último disco dela foi gravado com a Taj Mahal Band", detalha Leães. O pianista fez até esta semana a turnê nacional da cantora, que segue depois de Porto Alegre para a Argentina. 
O clube, explicam o pianista Luciano Leães, que conquistou este ano o Troféu Açorianos de Música com o álbum The Power of Love, e a produtora Rita Masini, quer fomentar mais espaços para o blues, trazer para a Capital nomes nacionais e internacionais e criar atrativos (e condições de ingressos) para mais gente que gosta do estilo. "Porto alegre tem tradição blueseira e roqueira. Muitos artistas de fora vinham para cá, mas de uns anos para cá reduziu muito este fluxo de atrações", observa Leães. "Mas agora está voltando a movimentar."  
Para conhecer mais sobre a ideia e garantir ingressos para a noite desta quinta (sim, ainda há ingressos), basta acessar o site www.lucianoleaes.com/clube-de-blues. Rita orienta que é só se inscrever com nome e e-mail. "Criamos condições especiais para quem comprar antecipado, vai ser como um clube de fidelidade, mas sem custos", diz a produtora. "Tá muito legal, lançamos no começo de novembro e muita gente está buscando." Para o show desta quinta, há ingressos antecipados a R$ 30,00 (estudantes e idosos) e R$ 60,00 para o público em geral. 
Leães lembra que há um ano busca trazer para a cidade shows de nomes de fora. A ideia surgiu em 2015, quando ele começou a tocar com Igor Prado, que foi indicado ao Blues Music Awards, uma espécie de Grammy do blues, valoriza o pianista. "Dessa parceria, surgiu a oportunidade de trazer nomes que vão a São Paulo", diz. "O clube quer movimentar a cena musical da cidade, que está precisando."   
A dupla e a assessora de imprensa Liziane Cordeiro querem fazer da iniciativa um meio de gerar outras ações, como aproximar músicos locais, promover shows, fazer promoções e divulgar outros eventos. "Bandas e público têm bastante, e o difícil é juntar os dois. Falam que tem crise, mas é importante ser criativo. Não dá para esperar que um bar procure a banda para fazer show, ou o contrário. O clube do blues quer juntar as atrações com público para fazer mais shows", resume Leães. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia