Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 01 de setembro de 2016. Atualizado às 23h23.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Turquia

Notícia da edição impressa de 02/09/2016. Alterada em 01/09 às 23h14min

Erdogan afasta mais 820 militares após golpe frustrado

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, afastou mais 820 militares, sendo que 648 deles foram detidos. A informação foi divulgada nesta quinta-feira pela agência de notícias estatal Anadolu. Uma televisão turca anunciou também que 543 juízes e promotores foram afastados.
A Turquia tem promovido, durante as últimas semanas, um extenso expurgo em setores como o Exército, o Judiciário e a imprensa, motivado por uma tentativa de golpe de Estado frustrada em 15 de julho, em que mais de 240 pessoas foram mortas.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia