Bittencourt e Helene já têm 50 adeptos do Gongo pelo Brasil Bittencourt e Helene já têm 50 adeptos do Gongo pelo Brasil Foto: MARCO QUINTANA/JC

Dupla cria plataforma para agendar consultas pelo Facebook

O sistema intermedia a comunicação entre paciente e profissional

Há quem falte a consultas médicas por não conseguir avisar sobre um possível imprevisto ou esqueça do agendamento. Para os pacientes, essas situações podem ser constrangedoras e incômodas, mas, para os profissionais, configuram, principalmente, perda de dinheiro.
Com o objetivo de solucionar essa questão, Helene Carrer, 28 anos, e Luis Fernando Bittencourt, 30, criaram a Gongo. A plataforma gerencia o agendamento de consultas, intermediando a comunicação entre paciente e profissional.
Lançado em fevereiro de 2015, o primeiro protótipo apenas confirmava consultas. No segundo momento, foi acrescentado o lembrete de retorno para remarcação.
Por último, foi agregada a possibilidade de o paciente agendar as consultas diretamente pela página do Facebook do profissional ou instituição. A agenda fica aberta para o paciente escolher o melhor horário; e, como é um sistema virtual, ele pode agendar as consultas, inclusive, fora do horário comercial.
A ferramenta pode ser utilizada por consultórios gratuitamente, com restrição de até 30 confirmações por mês. As opções pagas se iniciam a partir de R$ 59,00, com 100 confirmações, e se estendem a planos personalizados.
Os desenvolvedores, que também são namorados há cinco anos, largaram seus antigos empregos para empreender. Ela era analista de negócios de uma fabricante de softwares há 10 anos. Ele, líder de desenvolvimento de uma agência digital.
"Estávamos satisfeitos nos nossos trabalhos, mas queríamos algo a mais. Encontramos esta oportunidade e nos dedicamos exclusivamente a ela", explica Bittencourt.
Diferentemente de muitos empreendedores, desde o começo, eles dedicaram tempo exclusivo ao projeto, não utilizando o emprego como suporte.
Com pouco mais de um ano de funcionamento do sistema, a Gongo já soma 50 clientes em todo o Brasil, com a maior concentração em São Paulo e Rio Grande do Sul. A maior procura ainda é de dentistas (70%), pois, conforme pesquisa de mercado realizada pela dupla, são os profissionais que mais sofrem com a ausência de cancelamento de consultas.
Progressivamente, eles estão ampliando a gama para nutricionistas, psicólogos e clínicas. E afirmam que o objetivo é conquistar, ainda, advogados e estéticas.
Compartilhe
Artigos relacionados
Comentários ( )
Deixe um comentário

Publicidade
Newsletter

Receba no seu email todas as notícias sobre empreendedorismo. Cadastre-se:





Mostre seu Negócio
Redes Sociais