Para quem vai de carro, o tempo médio entre pedido e entrega é de seis minutos Para quem vai de carro, o tempo médio entre pedido e entrega é de seis minutos Foto: ANTONIO PAZ/JC

Drive Thru oferece churrasquinhos em Canoas

Não é um restaurante, não é uma lancheria, não é um bar. "É um point", afirma Rafael Paz, 39 anos, sócio da Churras Drive Churrasquinhos, de Canoas

Não é um restaurante, não é uma lancheria e não é um bar. "É um point", afirma Rafael Paz, 39 anos, sócio da Churras Drive Churrasquinhos, em Canoas. Com estrutura de dois contêineres, o drive thru canoense tem ainda espaço para mesas, e a proposta é de churrasquinho gourmet - que pode ser pego sem nem descer do carro.
O cardápio foi preparado por um chef, e a opção aposta tanto no público que quer se alimentar com um churrasquinho simples, quanto em quem prefere carnes mais nobres e com molhos especiais. "Pensamos no que seria o diferencial, e em alguma coisa que todo mundo gostasse", afirma Cátia Assis, 34, companheira de Rafael e uma das idealizadoras do negócio. Vegetarianos também não ficam de fora e, para apreciadores, há cervejas artesanais. O preço dos espetos varia de R$ 5,50 a R$ 11,40. Os molhos adicionais custam R$ 1,50.
Churras Drive de Canoas    na foto: Churras Drive
Abertos das 17h30min à meia-noite, de terça à domingo, o drive thru começou a operar em abril do ano passado. O primeiro dia, contam, foi um caos. "A gente acendeu a churrasqueira quando chegou o primeiro cliente. Imagina, sem expertise nem timing", diverte-se Rafael. É o primeiro negócio alimentício dos dois, que provêm do setor bancário. "Por não ser do ramo, tu aprendes errando", expõe Cátia. Porém "o resultado tem sido excelente", Rafael garante. Atualmente, são vendidas cerca de 500 unidades de churrasquinhos por dia no Churras Drive, e o tempo médio de entrega no drive thru é de seis minutos.
Ao longo deste primeiro ano, os dois puderam perceber movimentos distintos. No inverno, o que sustenta o negócio é o percurso de carro (que aliás, muita gente faz debicicleta). Nos dias de calor, o atendimento das mesas - que começou em oito e hoje são dezoito. E sexta-feira é o dia mais movimentado. Pela comodidade de não precisar descer do veículo, "tem gente que vem aqui de pantufa, de pijama", ressalta Cátia. No entanto, no início, tinha gente que não confiava no propósito. "Um fornecedor disse que a gente era louco de abrir um churrasquinho no bairro", diz Rafael. O empreendimento fica no nº 266 da avenida Dr. Sezefredo Azambuja Vieira, em Jardim do Lago, bairro nobre de Canoas.
Uma consultoria foi contratada para que a empresa, num período de quatro meses, se insira em outro mercado: o das franquias. A ideia é que, ao angariarem um bom número de franqueados, o casal vire o foco da operação para tocar a franqueadora. A estimativa para isso acontecer, aponta Rafael, é de um ano e meio. A longo prazo, pensam em expansão nacional.

Primeiro a tempestade, depois a bonança

447488 Rafael Paz e Cátia Assis são os proprietários do negócio no bairro Jardim do Lago Foto: ANTONIO PAZ/JC
Rafael e Cátia decidiram abrir um negócio próprio após passar por tempos um tanto difíceis. Cátia precisou se manter afastada do trabalho devido ao nascimento da filha prematura, o que levou a uma rotina de dois anos num vaivém de internações hospitalares. Após sair do banco, Rafael estava há um ano tentando se recolocar no mercado - trabalhou com finanças, entrou numa franquia de telefonia, mas as coisas não corriam bem. Hoje, com a Churras Drive, os dois se mostram satisfeitos e animados com suas vidas profissionais.
Compartilhe
Artigos relacionados
Comentários ( )
Deixe um comentário

Publicidade
Newsletter

Receba no seu email todas as notícias sobre empreendedorismo. Cadastre-se:





Mostre seu Negócio
Redes Sociais