Porto Alegre, quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016. Atualizado às 23h29.
Dia do Atleta Profissional.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
27°C
32°C
21°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,9340 3,9360 0,63%
Turismo/SP 3,7500 4,0300 0,24%
Paralelo/SP 3,7500 4,0300 0,24%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

assembleia legislativa Notícia da edição impressa de 11/02/2016. Alterada em 10/02 às 23h44min

Retorno do Carnaval ocorre em ritmo lento no Parlamento

JONATHAN HECKLER/JC
Apenas 40 dos 55 deputados estaduais registraram presença no plenário da Casa

O retorno dos deputados estaduais do feriado de Carnaval foi em ritmo lento. Apesar das mais de 40 presenças registradas no painel, poucos deputados circulavam pelo plenário ao longo da tarde. Um grande expediente sobre saneamento ambiental, proposto por Valdecir Oliveira (PT), e as comunicações de liderança sobre assuntos variados, ocuparam as pouco mais de duas horas de sessão legislativa, que em quartas-feiras comuns já é marcada por poucas polêmicas. Nos bastidores a expectativa é de que fevereiro seja um mês com pouca votação de matérias – na terça-feira haverá a primeira sessão com este fim –, e com movimentação mais intensa nas comissões parlamentares.
O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Alexandre Postal (PMDB), disse que aguarda o possível envio de projetos do governo, de forma tranquila. O parlamentar disse acreditar que o Executivo está fazendo uma avaliação do comportamento da economia, especialmente com o incremento dos recursos do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) – que tiveram acréscimos nas alíquotas no início do ano – para o envio de novas matérias.
A oposição também está em ritmo menos intenso. De acordo com a deputada Miriam Marroni, o PT fará sua reunião de bancada hoje e começará a discutir as estratégias para este ano. A parlamentar disse que apesar da expectativa do envio de projetos que alterem benefícios do funcionalismo, “o pior projeto já foi votado: a Lei de Responsabilidade Fiscal Estadual”. “Em 2015, o governo demonstrou que não acredita no serviço público, que não acredita na capacidade de modernização e vai paralisar o Rio Grande do Sul”
Enquanto os partidos começam a se organizar para as votações de matérias em plenário, as comissão terão mais trabalho. Hoje, a comissão de Ética se reúne para definir os três deputados que integrarão a comissão processante que analisará as denúncias contra o deputado Mário Jardel (PSD) – acusado de quebra de decoro parlamentar, por desvio de recursos públicos, contratação de funcionários fantasmas e envolvimento com o tráfico de drogas.
Na próxima semana, as comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e Finanças, Planejamento, Fiscalização e Controle, duas das mais importantes do Parlamento, terão os comandos alterados. Na CCJ, Gabriel Souza (PMDB) deixa a presidência para que Vilmar Zanchin (PMDB) assuma. Souza vai comandar a bancada do partido ao longo deste ano. Nas finanças também uma troca de posições entre integrantes do PTB: Ronaldo Santini assume no lugar de Luis Augusto Lara.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Adiada a escolha de relatores para o processo de cassação do deputado Mário Jardel
Demora na escolha reflete o desconforto dos parlamentares em analisar uma denúncia de quebra de decoro parlamentar envolvendo um colega
Deputados apresentaram 18 propostas no Legislativo Deputado Jardel deve quebrar silêncio em subcomissão de Ética

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo