Porto Alegre, sexta-feira, 25 de dezembro de 2015. Atualizado às 11h27.
Natal.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
24°C
28°C
21°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,9520 3,9540 0,82%
Turismo/SP 3,7900 4,2000 0%
Paralelo/SP 3,7900 4,2000 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

artigo Notícia da edição impressa de 08/12/2015. Alterada em 07/12 às 22h35min

Opinião econômica: O futuro é mulher

Jonathan Heckler/Arquivo/JC
Nizan Guanaes é publicitário e presidente do Grupo ABC

Nizan Guanaes

A mulher que escreve hoje na minha coluna sou eu mesma. Eu sou mulher e me orgulho muito de minha feminilidade. E, por favor, leiam humor, e não machismo, na frase que segue: o homem da minha casa é a minha mulher, Donata.
Eu fico aqui escrevendo artigos bancando o corajoso, com clareza, firmeza e discernimento, mas, quando desespero e fraquejo, é ela, com sua força feminina, que diz: releia os seus artigos. Ela é a minha coragem.
Sexo frágil é o homem. E o homem demonstra sua fragilidade quando berra, insulta, parte para a violência. Quando não tem a força dos argumentos, apela para o argumento da força. Muito dos problemas mais graves do mundo vem desse excesso de testosterona, essa energia masculina que tudo quer resolver com a força.
Isso me convence de que o futuro é feminino. O mundo tradicional é masculino. O futuro e as empresas líquidas do futuro são femininos. Sou um dos fundadores do Women in the World porque acredito que o desenvolvimento da mulher é o caminho mais rápido para o desenvolvimento do mundo. E a situação da mulher no mundo ainda é de absoluto desrespeito.
A força bruta é masculina. A negociação e a sedução são femininas. A razão é masculina. O sexto sentido, a premonição e a inovação são femininas.
Meu amigo Gilberto Gil, que além de um grande homem é também uma grande mulher, canta isso lindamente quando diz na canção "Super-Homem": "Um dia, vivi a ilusão de que ser homem bastaria, que o mundo masculino tudo me daria do que eu quisesse ter". E arremata: "Quem sabe o super-homem venha nos restituir a glória, mudando como um Deus o curso da história, por causa da mulher".
Minha mulher mudou o curso da minha história. Pegou uma pessoa arrogante, autocentrada e bruta e me alfabetizou na gentileza e na felicidade. Ela me ensinou a saborear cada dia.
Vê-la em sua vida profissional me ensinou a liderar, em vez de mandar. Donata me ensinou a fundamental arte de ouvir. As pessoas dizem que ela mudou meu guarda-roupa. Mudou muito mais. Mudou minha vida e minha carreira.
Com ela, também aprendi que não preciso ser escravo de certezas. Que posso ter dúvidas, que não preciso ter medo de ter medo, de errar, de ser frágil, inseguro. É bom poder caminhar pela vida sem ter tantos "é preciso" nas costas e nas veias.
A frase de que por trás de um grande homem há sempre uma grande mulher é verdadeira. Só que é do lado. Ou à frente.
Sam Walton, nos primórdios do Walmart, levava os gerentes para jantar em sua casa para serem entrevistados pela mulher. O doutor Olavo Setubal, na hora de escolher a marca do Itaú, hoje a mais valiosa do Brasil, mostrou os estudos da logomarca para dona Tide Setubal, sua mulher, decidir. Roosevelt teve Eleanor. Churchill teve Clementine. FHC teve dona Ruth. O grande homem, em geral, é um casal.
Neste momento difícil no Brasil, em que um ano dramático desponta no horizonte, conto com a força da Donata para ser fraco; com seu colo, para desabar; com sua alegria e sua inteligência, para prosseguir; com seu sexto sentido, para encontrar sentido quando tudo parecer sem sentido.
Nas vitórias de 2015, Donata foi meu Tite, o técnico. Porque, sendo mulher, e ainda por cima corintiana, ela tem muita fé e acredita que tudo pode virar no último minuto. Nessa desafiadora caminhada entre a aventura, o risco e o medo chamada vida, é muito bom contar com sua força e sua fé de menina para seguir em frente.
Publicitário e presidente do Grupo ABC


COMENTÁRIOS
george pereira - 24/12/2015 16h51min
Conheci o Nizan em Trancoso e fizemos uma boa amizade.A Donata é a alma gêmea do cara. Adoro os dois juntos e, espero ser para sempre

celia gomes - 11/12/2015 14h37min
você é realmente um homem especial...parabéns pela certeza de ter um Donata na sua vida.Parabens, beijos

Janice Gasparotto - 10/12/2015 10h45min
Excelente tradução, espero que o texto chegue a muitos leitores, pois entendo que nós perceberem como parceiras e aliadas, evitaria muito estresse e energia desprendida para rumos opostos. Ler este texto alegrou minha rotina.

Regina - 09/12/2015 14h51min
Parabens,ele pela coragem do reconhecimento,ela por tamanha e sincera declaracao recebida.......

antonilce souza - 09/12/2015 11h09min
adorei o texto, poucos homens tem a coragem de reconhecer o quanto e valiosa sua companheira... parabens nizan , sou tiete de tudo que vc faz

DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Férias, calor, praia e a foto no Instagram: ações devem flertar com o veranista Opinião econômica: Rezar Opinião econômica: Capitalismo Até que ponto precisamos enganar o público para passar uma mensagem?

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo